Entenda aqui como é o mercado de arquitetura na Austrália

A Austrália é um dos países mais receptivos para os brasileiros e que dispõe de boas oportunidades profissionais e salários para diversas áreas de atuação. A profissão de arquiteto é uma das mais reconhecidas e bem remuneradas no país, por ter grande demanda há anos. 

O país possui atualmente o maior salário mínimo do mundo e está entre os cinco melhores países para se viver, de acordo com uma pesquisa da consultoria BAV Group e pela The Wharton School of the University of Pennsylvania.

Além das questões profissionais e a hospitalidade do povo australiano, o país é referência em pontos básicos e essenciais, como educação, saúde, segurança e transporte.

Portanto, neste artigo vamos mostrar como é possível validar seu diploma de arquitetura na Austrália e exercer a profissão. Para descobrir como tudo isso é viável, continue a leitura!

Como é o mercado de trabalho na Austrália

A Austrália é um país que apresenta diversas oportunidades para imigrantes de várias atuações profissionais. Anualmente, no mês de julho, o Departamento de Imigração publica uma lista das profissões que mais possuem demanda no período atual e as informações sobre o procedimento para solicitação de visto. 

Arquitetos são requisitados pelos australianos há anos e é uma das profissões que apresentam ótimas oportunidades de emprego no país. A média salarial para o setor fica acima de AUD$ 130 mil por ano.  

De acordo com o site Job and Salary Abroad, o salário para os arquitetos na Austrália encontra-se acima da média no país, e as cidades com as melhores oportunidades na área são: Melbourne, Sydney, Camberra, Brisbane, Perth, Adelaide, Gold Coast, Newcastle e Hobart. 

Como validar seu diploma

Em primeiro lugar, é necessário verificar se sua área profissional solicita um registro ou licença específica para atuação no exterior e o pedido deste documento deve ser realizado diretamente com o órgão responsável. Para arquitetos, o registro é obrigatório. 

O setor da arquitetura se enquadra em duas categorias de trabalhos em demanda no país, a Medium and Long-term Strategic Skills List (MLTSSL — Lista de Profissões Estratégicas para Médio e Longo Prazo) e a Short-term Skilled Occupation List (STSOL — Lista de Ocupações Profissionais para Curto Período). A MLTSSL oferece visto de permanência na Austrália, e a STSOL um visto de trabalho temporário

O órgão regulador equivalente ao CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) em território australiano chama-se AACA (Architects Accreditation Council of Australia) e a profissão possui o código 232111 na lista ANZSCO (Australian and New Zealand Standard Classification of Occupations).

Para envio do diploma e de todos os documentos solicitados, é preciso pedir uma tradução certificada e juramentada com empresas autorizadas pela imigração australiana, assim, a documentação se mantém válida na Austrália. 

Como funciona o procedimento

Para a solicitação do visto profissional, é necessário que o aplicante esteja apto com o que a Austrália pede para aquela área. Cada estado australiano possui uma jurisdição diferente para realização do processo seletivo e há um requerimento legal para arquitetos ou pessoas que prestam serviços na área de arquitetura. 

Assim, é preciso se registrar com o conselho de registro de arquitetos, onde diversos fatores serão avaliados, como o curso, suas notas e uma entrevista com o RAE (Review of Academic Equivalence) será realizada para alinhamento da sua área de trabalho, seu nível de inglês e seus conhecimentos.

Alguns requisitos para ser considerado um profissional com as competências exigidas e trabalhar com arquitetura na Austrália é que o solicitante tenha mais de dois anos de experiência profissional na área de aplicação e que possua fluência no inglês, comprovada com nota no IELTS ou TOEFL.

Qual a documentação necessária

Inicialmente, são solicitadas cópias dos documentos originais e as cópias dos traduzidos e juramentados para o órgão regulamentar — AACA (Architects Accreditation Council of Australia). Assim como as notas de proficiência em inglês, pelos testes TOEFL ou IELTS — nota média 6,5.

Se você está organizando essa mudança na sua vida e na sua carreira, o ideal é planejar com antecedência a validação do diploma e das suas competências para atender a todos os requisitos solicitados pela imigração australiana.

Para os arquitetos, pode ser um processo demorado, pela seriedade com que é tratado pelos órgãos responsáveis e pela quantidade de documentos e comprovações solicitadas. Como o processo é realizado em duas etapas, é importante acompanhar com muita atenção.

Pesquise muito sobre o país e a sua história, veja como poderá acrescentar na sua qualidade de vida pessoal e profissional, pesquise também sobre a sua adaptação para a cultura da Austrália, escolha a cidade em que deseja morar e curta o processo que será extremamente enriquecedor. 

Qual o tempo de espera e os custos

Como o processo possui dois estágios para que você consiga exercer a atividade de arquitetura na Austrália, é possível que o tempo médio de espera para a conclusão seja maior do que outras profissões.

Caso você tenha interesse em trabalhar com arquitetura na Austrália e ser considerado completamente competente para isso, é solicitado seu portfólio com cerca de 4 a 6 projetos, os quais podem ser profissionais ou acadêmicos. Recomenda-se o uso do trabalho de conclusão do curso.

O processo de validação do diploma leva em torno de 12 semanas para ser concluído. Após essa validação final, o arquiteto pode solicitar o registro que o torna tão apto para exercer a profissão como alguém formado na Austrália.

Como vimos neste post, o processo para exercer a atividade de arquitetura na Austrália e mudar os rumos da sua vida e carreira pode ser árduo, porém gratificante no final. Por isso, é de extrema importância que seu planejamento e organização dos documentos para a validação do diploma seja feita com antecedência e com o auxílio de uma empresa especialista no país e nos seus processos imigratórios.

Se você gostou das nossas dicas sobre como exercer a profissão de arquiteto na Austrália, deixe um comentário aqui no nosso post informando seus planos e expectativas para essa nova fase.

Mail