Conheças as principais cidades da Austrália e saiba como escolher a sua

Cidades da Austrália

Fazer um intercâmbio em território australiano é o desejo de muitas pessoas, que buscam mais conhecimento e novas experiências em um ambiente completamente novo. No entanto, escolher o local de destino é sempre um desafio para os intercambistas. Por isso, conhecer as cidades da Austrália é fundamental para essa decisão.

Por se tratar de um país de grande extensão territorial, há muitas diferenças entre as principais cidades australianas. Assim como no Brasil, cada uma delas carrega bagagens culturais muito diversas e abriga pessoas com costumes diferentes. Saber um pouco mais sobre as opções é, portanto, essencial para garantir que você fará a escolha certa.

Está pensando em começar um intercâmbio na Austrália, mas ainda não decidiu a melhor cidade para morar? Quer tirar a teima de uma vez por todas? Confira, então, nosso artigo especial sobre as principais cidades australianas e descubra qual delas será o seu lar durante o intercâmbio. Boa leitura!

Sydney

Sem dúvidas a cidade mais conhecida da Austrália, Sydney recebe anualmente mais de 10 milhões de visitantes internacionais. Ela é, portanto, um destino multicultural, o que a torna uma experiência imperdível.

Por isso, Sydney é muito mais do que o Opera House, seu ponto turístico mais famoso. Ela é uma cidade muito completa e perfeita para pessoas jovens (seja de idade, seja de espírito), modernas e ousadas, que querem conhecer novas pessoas e lugares. A seguir, confira um pouco mais sobre esse destino.

População

Sydney é a maior cidade de Austrália em número de habitantes. Durante o censo conduzido no ano de 2011, sua população foi estimada em quase 5 milhões de pessoas.

Essa quantidade pode até parecer pequena, especialmente caso você viva em grandes centros, como São Paulo ou Rio de Janeiro. No entanto, precisamos ter em mente que a população de toda a Austrália gira em torno dos 24 milhões, o que torna Sydney uma cidade extremamente populosa para os padrões australianos.

Estilo e custo de vida

A população de Sydney é composta por pessoas de todo o mundo. Anualmente, milhares de estrangeiros chegam ao município para estudar ou trabalhar, o que contribui com a mistura de povos e culturas na região. Por isso, esse município é um dos melhores para se conviver diariamente com pessoas de todas as etnias.

Dito isso, é possível também afirmar que os habitantes de Sydney são muito animados e abertos, o que torna fazer novas amizades uma tarefa muito mais simples. A vida noturna na região é muito agitada e é comum que existam muitos festivais e comemorações pelo lugar. A cidade é, portanto, uma boa pedida para pessoas agitadas e que gostam de se divertir.

O custo de vida é, infelizmente, um pouco alto em Sydney, especialmente quando comparado a outras cidades australianas. Por ser um local extremamente procurado, o preço do aluguel pode ser bastante alto e a pesquisa se torna essencial para economizar em coisas gerais, como o supermercado e outros tipos de compras.

Infraestrutura

A presença de Sydney em rankings de qualidade de vida e infraestrutura não é nenhuma novidade. No ano de 2017, por exemplo, a cidade foi eleita pelo ranking Mercer como uma das melhores da Austrália para se viver (ficando em 10ª na colocação mundial).

E não é para menos, já que Sydney conta com tudo que alguém precisa para viver bem: muitas áreas verdes, parques, áreas de recreação, hospitais e outros estabelecimentos essenciais para habitar com qualidade de vida. Também é possível praticar esportes em praticamente qualquer lugar e caminhar em segurança pelas ruas.

Além disso, a cidade conta com excelentes escolas e universidades, todas super bem colocadas nos principais rankings de educação do mundo. A Universidade de Sydney, por exemplo, está em 42º lugar no ranking mundial da QS Top Universities de 2019.

Melbourne

Enquanto Sydney é famosa por seu estilo despojado e por suas inúmeras praias, Melbourne tem uma vibe um pouco diferente. Essa cidade é conhecida por ser, muito provavelmente, o maior polo cultural de toda a Austrália e contar com um estilo muito parecido com o de grandes metrópoles como Nova Iorque e São Paulo.

O estilo moderninho também pode ser visto na arquitetura, que é um pouco menos clássica e europeia do que é visto nas outras cidades do país, que sofreram uma grande influência inglesa durante sua colonização. Outra característica marcante de Melbourne é o clima, muito instável e com as “quatro estações em um único dia”.

População

Logo atrás de Sydney, Melbourne é a segunda cidade mais populosa da Austrália, com cerca de 4 milhões de habitantes. A população também é bastante diversificada e boa parte dos indivíduos que vive no local é imigrante ou tem alguma conexão com outros países.

Os habitantes de Melbourne são simpáticos e abertos, no entanto, também são um pouco mais fechados do que o que vemos em Sydney. Por isso, morar nessa cidade pode ser a opção ideal para pessoas mais tranquilas, que gostam de conversar, mas também querem ter momentos mais intimistas.

Estilo e custo de vida

Como já mencionamos, Melbourne é uma cidade extremamente cultural. Por isso, as artes estão em alta e é possível conferir, durante o ano todo, diversos festivais, mostras, exposições e concertos dos mais diversos tipos. Museus, galerias, teatros e outras casas de espetáculos são vistos em praticamente todos os bairros da cidade.

Além disso, a vida noturna também tem sua importância no município, que dispõe de diversos pubs e boates para garantir a diversão dos habitantes. Os amantes da natureza também têm sua vez em Melbourne, que conta com belíssimas praias e aquários, zoológicos e outras áreas destinadas ao contato com a fauna e flora.

O custo de vida é também um pouco elevado, por se tratar de uma cidade com grande procura e com ótimas possibilidades de emprego. Por isso, é necessário se planejar com mais cautela e pesquisar muito antes de adquirir qualquer serviço!

Infraestrutura

A rede de transporte público na cidade é bastante eficiente e também barata, o que facilita a mobilidade. Há, inclusive, uma linha completamente gratuita que passa pelos principais pontos turísticos de Melbourne.

Para os que curtem esportes, a cidade também possibilita e até mesmo incentiva a sua prática, com diversas áreas destinadas a esse fim. As bicicletas também estão por toda a parte e seu uso é muito incentivado pelo governo australiano.

Por fim, podemos citar a relevância das instituições de ensino da região, especialmente as de graduação ou pós-graduação. Assim como as universidades de Sydney, as faculdades de Melbourne sempre figuram nas listas de melhores instituições de todo o planeta.

Perth

Bem afastada das cidades citadas anteriormente em nossa conversa, Perth é o principal município do oeste australiano. Ignorada por muitos anos, essa região vem crescendo muito nos últimos anos e tem se tornado um importante centro cultural, econômico e social da Austrália.

Não conhece muito sobre essa linda cidade? Continue a leitura e descubra as principais características de Perth para, quem sabe, escolhê-la como o seu destino para o intercâmbio!

População

A população de Perth gira em torno dos 2 milhões de habitantes, quase metade do que encontramos em Sydney, por exemplo. Apesar disso, ela é ainda um dos maiores municípios do país, o que a torna um ponto relevante.

Assim como vemos nas outras cidades australianas, a miscigenação cultural no local é bastante alta. Há pessoas de todos os continentes e de regiões muito variadas, além de nativos que levam uma vida muito mais tranquila do que a vista na costa leste.

Estilo e custo de vida

Ainda falando sobre o estilo de vida dos habitantes de Perth, é possível dizer que a vida nesse local é extremamente pacata, especialmente quando comparada ao que ocorre do outro lado do país. Por ser mais isolada geograficamente, a cidade é muito tranquila.

Apesar disso, há muitas similaridades com as outras cidades australianas. A presença da influência colonizadora é muito forte, tanto nos costumes quanto na arquitetura do local. A preocupação com a cultura também é relevante e as artes são levadas muito a sério nessa cidade, especialmente o teatro e a música.

O custo de vida em Perth é muito mais em conta do que em cidades como Sydney e Melbourne. Por lá, é possível encontrar aluguéis com valores reduzidos e fazer compras com menos de dinheiro que na costa leste. Por isso, é uma boa opção para quem não quer ou não pode gastar muito.

Infraestrutura

Em termos de organização, Perth se destaca, mesmo para os bons padrões australianos. Muito limpa e organizada, pode-se dizer que essa cidade é uma das mais certinhas do país: tudo funciona exatamente como deveria e não há muitos problemas estruturais.

As linhas de trem são muito eficientes e é possível praticamente cruzar toda a cidade em poucos minutos. Além disso, muitos percursos podem ser feitos a pé ou com o uso de bicicletas, reduzindo a emissão de gases poluentes e favorecendo a saúde de seus habitantes.

Os esportes, assim como a educação, são pontos de importância na cidade. É possível praticar diversas atividades radicais, principalmente as que envolvem o oceano. Já no campo das instituições de ensino superior, há ótimas opções, como a Murdoch University e a Universidade da Austrália Ocidental.

Brisbane

A capital do estado de Queensland é cortada pelo rio homônimo, o que acaba fornecendo um charme todo especial para a região. Além disso, essa cidade está crescendo cada vez mais, se tornando um importante polo econômico para o leste australiano. Ela é, atualmente, a terceira maior cidade do país.

O clima é subtropical, o que significa que os verões são quentes e chuvosos. Apesar disso, é possível curtir as praias da região durante o ano inteiro e aproveitar bem o calor para interagir com outros habitantes e praticar diversas atividades ao ar livre.

População

Com cerca de 2,5 milhões de habitantes, Brisbane é a terceira maior cidade da Austrália. O clima é muito leve e divertido, graças aos habitantes mais jovens e despojados que vivem no local.

A cidade de Brisbane é, de acordo com dados levantados pelo governo australiano, uma das que têm maior crescimento populacional nos últimos anos. A estimativa é de que o número cresça cada vez mais, à medida que mais pessoas descobrirem as vantagens de morar na Austrália.

Estilo e custo de vida

Os principais passeios da região envolvem a prática de esportes, visita às inúmeras feirinhas ao ar livre que estão espalhadas pela cidade e idas às atrações culturais. Com isso, dá pra ver que os habitantes são antenados e muito abertos a novas amizades.

Um pouco afastada da costa, Brisbane conta com passeios mais intimistas e ligados à cultura, o que faz dela uma boa opção para pessoas que curtem o calor, o sol e o clima praiano sem necessariamente visitar praias com frequência. No entanto, para os amantes do mar e da areia, o acesso é muito simples e fácil.

O custo de vida do local é bastante justo e muito baixo, se comparado às duas maiores cidades australianas. Além disso, Brisbane tem se mostrado uma das melhores regiões para encontrar trabalho na Austrália, o que acaba sendo uma grande vantagem.

Infraestrutura

Toda a infraestrutura da cidade foi construída pensando nos esportes, o que facilita e muito a vida dos habitantes mais ativos. O rugby é uma das atividades mais importantes da região, que também conta com esportes aquáticos e outros.

Além disso, há muitos centros culturais, como museus, galerias e teatros. As universidades da região, como a James Cook University e a Universidade de Queensland, são referências em todo o mundo.

Gold Coast

Também localizada no estado de Queensland, Gold Coast é uma das mais importantes cidades litorâneas da Austrália. Como seu próprio nome já indica, o sol brilha durante todo o ano na região.

Por conta disso, ela é uma opção incrível para quem gosta de praia e dos esportes que podem ser praticados nas águas oceânicas. A qualidade de vida do local é muito alta e muito disso se deve ao clima da região, que é muito tranquilo e alegre. Quer saber mais? Continue a leitura!

População

Gold Coast é a sexta maior cidade da Austrália, sendo também a segunda mais populosa do estado. A sua população está estimada em cerca de 500 mil pessoas, o que faz dela um destino muito pacato e tranquilo para se viver.

A estimativa, no entanto, é que esse número cresça cada vez mais. Muitos estudantes e pessoas de todo o mundo estão buscando em Gold Coast as oportunidades necessárias para melhorar a atuação profissional na Austrália, conquistando vagas cada vez melhores no mercado de trabalho.

Estilo e custo de vida

Praticamente todos os serviços custam menos em Gold Coast do que em cidades maiores. Por lá, é muito mais fácil conseguir produtos de qualidade por um valor relativamente inferior, o que ajuda muito na hora de economizar uma graninha extra.

O próprio estilo de vida da cidade possibilita a economia, já que muitos dos passeios são baratos e feitos a pé ou com o uso de bicicletas. O estilo de vida dos habitantes é muito pacato e com poucas extravagâncias, o que torna Gold Coast o destino perfeito para quem realmente quer estudar ou trabalhar com tranquilidade e relaxar após as obrigações.

Além disso, a população mais reduzida auxilia na otimização do tempo. É muito mais rápido ir para a universidade e voltar para casa, deixando os habitantes com mais tempo livre para o lazer e outras atividades adicionais.

Infraestrutura

Um dos principais pontos da infraestrutura de Gold Coast foi feito pela natureza: as praias. Muito da vida da cidade gira em torno da costa litorânea, e é por ali que a maioria das coisas acontece. No entanto, há também opções de passeios para os dias chuvosos ou para os momentos em que o mar não é onde você quer estar.

Atrações culturais para todos os gostos são abundantes em Gold Coast, e é possível fazer os mais diversos tipos de passeios. Assim como nas outras cidades australianas, hospitais, linhas de transporte público e outros serviços funcionam muito bem.

Por fim, é possível citar grandes instituições de ensino superior que são localizadas em Gold Coast. Um bom exemplo é a Griffith University, que oferece cursos na área de graduação, pós-graduação e inglês para estrangeiros.

Adelaide

Conhecida por muitos como “a pequena Europa australiana”, Adelaide é uma charmosa cidadezinha localizado no estado da Austrália Meridional, mais ao sul do país. Muito aconchegante e seguro, esse município é perfeito para quem quer um intercâmbio mais tranquilo.

Se você é uma pessoa pacata, sossegada e gosta de grandes cidades com um toque interiorano, talvez Adelaide seja a opção certa para você fazer seu intercâmbio. Quer descobrir se é verdade? Confira abaixo um pouco mais sobre esse destino!

População

Com pouco mais de 1 milhão de habitantes, Adelaide é uma das maiores cidades australianas. Apesar disso, é bastante tranquila, especialmente se levarmos em conta a realidade dos grandes centros brasileiros.

Por aqui, é possível transitar sem problemas e chegar aos lugares com uma rapidez relativamente boa. Por isso, a qualidade de vida na região é altíssima e as pessoas transmitem essa paz, sendo extremamente simpáticas e amigáveis.

Estilo e custo de vida

O estilo de Adelaide é bem curioso, peculiar e bastante único. Assim como outras cidades australianas, ela sofreu uma grande influência de seus colonizadores, que pode ser vista em sua arquitetura e em todas as ruas. No entanto, ela também é marcada por edifícios modernos e jovens, que trazem um contraste muito interessante.

Apesar da vibe mais tranquila, a vida noturna da cidade é muito agitada e ideal para pessoas jovens e interessadas em se divertir. Outro ponto interessante diz respeito à sua proximidade com importantes praias, excelentes para a prática de surfe ou apenas para relaxar olhando o pôr do sol.

O custo de vida de Adelaide é relativamente baixo, um dos menores de toda a Austrália. É possível encontrar bons imóveis a preços justos e fazer compras com valores reduzidos. Além disso, a cidade está em constante expansão, o que faz com que a tarefa de encontrar empregos na Austrália seja muito mais fácil.

Infraestrutura

Assim como as outras cidades australianas, Adelaide conta com uma ótima infraestrutura, que supre as principais necessidades de seus habitantes. Não há grandes problemas estruturais no local e é fácil se locomover pelo território.

Mais uma vez, a cultura é muito importante na região e há diversos espaços destinados às artes. Além disso, há hospitais e clínicas de qualidade para aqueles que necessitam de atendimento médico personalizado.

Por fim, podemos citar as universidades da cidade, que são extremamente bem conceituadas em todo o mundo. Entre elas, as principais são a Universidade de Adelaide (que está entre as 8 melhores de toda a Austrália) e a Universidade Flinders.

Cairns

Voltamos para o espetacular estado de Queensland para falar sobre o nosso último destino: Cairns. Seu nome é pouco conhecido pela maioria das pessoas, mas a cidade é muito famosa por ser um dos lares da maior estrutura feita por organismos vivos de todo o mundo e, sem dúvidas, uma das paisagens mais deslumbrantes do planeta: a Grande Barreira de Corais.

Cairns, no entanto, é muito mais do que o seu litoral. Essa pequena cidade é muito charmosa e abriga diversas atrações que podem transformar qualquer intercâmbio em uma experiência completamente única. Quer saber mais? Confira!

População

Com pouco mais de 150 mil habitantes, Cairns é uma cidadezinha pacata e muito tranquila. É um dos grandes centros menos populosos de toda a Austrália, o que faz com que ela seja ao mesmo tempo antenada e tenha um clima sossegado de interior.

As pessoas de lá são descontraídas e divertidas, e levam a vida de um modo muito pacato. É comum observar grupos descansando nas praias ao fim do dia, o que contribui para um clima bastante diferente ao que estamos acostumados aqui no Brasil.

Estilo e custo de vida

Como deu para perceber, o estilo de vida de Cairns é muito pautado em atividades ao ar livre, e as praias e outras belezas naturais são a maior atração do local. O turismo da região é, inclusive, voltado para as belezas da Grande Barreira de Corais, cuja proteção tem se intensificado nos últimos anos para evitar a sua destruição.

O amor pela natureza não quer dizer, é claro, que não há espaço para atrações culturais e outras atividades, como os esportes. Como acontece em toda a Austrália, esses fatores são levados em consideração por lá.

Por ser uma cidade de menor porte, o custo de vida em Cairns também é reduzido. Ela é, portanto, uma ótima alternativa para qualquer um que queira fazer um intercâmbio na Austrália, já que reúne todas as principais características do país.

Infraestrutura

Como mencionado acima, as atrações naturais são o foco desse lugar. No entanto, a infraestrutura também engloba outras áreas e fornece um bom ambiente para todos os habitantes, que ganham muito em qualidade de vida.

A cidade conta ainda com excelentes escolas e universidades, que garantem ensino de qualidade para a população. Muitos estudantes de todas as regiões do planeta estão optando por essa cidade graças a essas instituições.

E aí, curtiu as principais cidades da Austrália para fazer um intercâmbio? Conseguiu decidir qual dessas cidades será chamada, por você, de lar durante a sua viagem? Agora basta começar os planejamentos e deixar tudo pronto para mais essa grande aventura em sua vida!

Antes de fechar a página, que tal conhecer ainda mais aspectos sobre o intercâmbio nesse lindo país? Confira, então, nosso e-book sobre o assunto! Baixe gratuitamente o guia “Tudo o que você precisa para fazer um intercâmbio para a Austrália” e fique fera nesse tema!

Mail