Descubra quais são as melhores festas na Nova Zelândia!

festas na Nova Zelândia

Ao fazer intercâmbio em uma cidade neozelandesa, além de aproveitar esse período para ter uma formação universitária no exterior, ganhar experiência de trabalho e conquistar a fluência no inglês, você tem a oportunidade de viajar e participar de grandes eventos internacionais, como é o caso das festas na Nova Zelândia — que ocorrem em diversos municípios das duas ilhas principais, a North Island e a South Island.

Sim, isso mesmo que você leu: apesar de ser um país pequeno na Oceania, ter apenas pouco mais de 4.790 milhões de habitantes e ser conhecido pelo clima leve e tranquilo, não faltam grandes atrações na terra dos kiwis que movimentam e atraem nativos e estrangeiros. Por essa razão, preparamos este post para falar sobre as principais delas. Confira!

Rhythm and Vines

O primeiro deles é o Rhythm and Vines, um festival de música que reúne cantores e bandas de rock psicodélico, hip hop e eletro music e acontece anualmente sempre nos quatro últimos dias de dezembro (28 a 31) em Gisborne, na North Island.

Para você ter uma ideia, a primeira edição foi em 2003 e desde então ele segue atraindo grandes artistas e um público cada vez maior. E isso não é atoa, afinal, o R&V (como também é conhecido) ganhou fama por ser o primeiro evento em todo o planeta a ver o nascer do sol do ano novo devido ao fuso horário da Nova Zelândia.

Por ter uma duração longa, ele tem uma proposta diferente de outros grandes eventos do gênero: em vez de você ir apenas assistir aos shows e voltar para casa (ou o hotel onde está hospedado) após eles terminarem, é possível permanecer 24 horas no espaço do festival. Isso porque você pode comprar um ingresso que dá acesso ao camping local com inúmeras tendas e barracas.

Assim, a diversão é prolongada e fica quase impossível não fazer amizades e conhecer gente de diversos locais do mundo. Uma experiência que vale muito a pena!

Beach Hop

Você é do tipo que entende tudo sobre motor, potência e velocidade? Pois saiba que não pode perder o Beach Hop, uma das grandes festas da Nova Zelândia (e também do mundo) que celebra a paixão das pessoas por veículos.

Embora não tenha uma data fixa como os demais eventos deste post, ele ocorre sempre no final de março e reúne milhares de pessoas em Whangamata, na North Island. O motivo? Simples: elas vão conferir modelos originais de carros que foram os queridinhos em décadas passadas (desde os anos 20 até os 90) e de motos da marca Harley-Davidson

Para completar, quem participa do Beach Hop, que acontece à beira-mar da cidade, ainda se delicia em dezenas de food trucks e curte shows de música retrô, caravanas, corridas de automóveis e competições de surf. Ou seja, é programação para ninguém colocar defeito!

Auckland Arts Festival

Outro evento que não poderia faltar na nossa lista de festas na Nova Zelândia é o Auckland Arts Festival que, assim como o anterior, ocorre em março, geralmente, entre as três primeiras semanas do mês. Realizado em Auckland, esse é o principal e mais importante evento ligado às artes do país — e não é exagero dizer isso.

Tanto que é um dos mais antigos da nação, sendo realizado entre 1948 e 1982. No entanto, ele teve um hiato de 18 anos, voltando a ser patrocinado nos anos 2000 e se consagrando em 2013, quando se tornou um festival anual.

Para ter uma ideia, há dezenas de atrações simultâneas para conferir, inclusive, algumas gratuitas. Um bom exemplo são as exposições que abordam a cultura e a expressão artística do povo Maori (os nativos aborígenes da Nova Zelândia).

Fora isso, ainda há peças teatrais, espetáculos de ópera e música clássica, apresentações de dança contemporânea e do clássico cabaret, conferências, galerias de artes visuais abertas, shows com atrações nacionais e internacionais, intervenções em áreas urbanas e espaços para workshops.

New Zealand Film Festival

O New Zealand Film Festival, por sua vez, é o mais popular e antigo evento cinematográfico da Nova Zelândia. Iniciado em 1969, ele acontece entre julho e agosto simultaneamente em duas cidades: Auckland e Wellington (a capital do país).

Durante uma média de 15 a 20 dias, são apresentadas mais de 150 produções para o público, entre longas e curtas. Depois, os idealizadores fazem um circuito menor por 11 municípios (Dunedin, Masteron, Nelson, Tauranga, etc.). Muitos desses filmes são internacionais e vêm de outros festivais bastante premiados e conceituados no mundo do cinema, como o Festival de Cannes.

Porém, há diversos títulos de diretores independentes do próprio país e de outras nações da Oceania, como Austrália, Micronesia, Fiji, Cook Islands, Samoa, Papua-Nova Guiné, etc. Com isso, você tem uma chance de ampliar a sua bagagem cultural e conhecer mais sobre a visão de mundo e a história de outros povos.

Pasifika Festival

Por fim, há o Pasifika Festival. Esse evento bastante importante ocorre desde 1992 no país — entre os dias 23 e 24 de março em Auckland — e tem como objetivo homenagear e reverenciar as culturas, os costumes e as tradições dos nativos das ilhas do Pacífico, o que inclui não só a Nova Zelândia, mas também Cook Island, Ilhas Fiji, Samoa, Tonga, Tuvalu, etc.

Afinal, elas resistiram à colonização inglesa e se mantiveram firmes e fortes na história da região. Ao longo dos dois dias, há diversas apresentações musicais, danças locais e performances ao vivo. Além disso, ocorrem oficinas de artesanato e feiras de comidas típicas — que envolvem pescados, frutos do mar, vegetais e molhos exóticos.

Como você viu, não faltam festas na Nova Zelândia que proporcionam não só diversão e entretenimento, mas também a possibilidade de você conhecer mais a fundo a cultura do país, vivenciar as tradições locais, praticar a língua inglesa, ter contato com outros estudantes internacionais e, é claro, interagir com nativos. Por isso, anote na sua agenda todos as nossas sugestões e se prepare para aproveitar todas elas!

E se você tem outras indicações de eventos que acontecem em território neozelandês, já sabe: compartilhe com a gente nos comentários!

Mail