Conheça os tipos de acomodação da Austrália e Nova Zelândia

Acomodação da Austrália e Nova Zelândia

Ao contrário do que muita gente pensa, fazer um intercâmbio não se resume só em obter um visto de estudo, ser aceito em uma instituição de ensino estrangeira e se mudar para outro país. Na verdade, são diversos detalhes envolvidos nessa decisão que vão beneficiar sua vida pessoal e profissional.

Um deles, por exemplo, é a escolha da moradia durante a estadia no exterior — que é uma questão que envolve diretamente o seu conforto, a sua segurança e a sua adaptação à nova realidade. Pensando nisso, reunimos os tipos de acomodação da Austrália e Nova Zelândia neste post.

Assim, você pode conhecer mais a respeito dessas opções, conferir quais são as particularidades de cada uma e identificar qual é a mais indicada para atender às suas necessidades. Para completar, ainda incluímos uma média de custo mensal para cada alternativa.

Para tanto, vamos levar em consideração os dados fornecidos no informe da Universidade de Melbourne (Melbourne, Austrália) e no levantamento da Universidade de Canterbury (Christchurch, Nova Zelândia). Preparado? Então, Acompanhe!

Homestay

O primeiro tipo de acomodação da Austrália e Nova Zelândia é a homestay, que significa hospedagem em casa de família. Essa alternativa é excelente para quem deseja ter uma imersão completa na cultura, nas tradições e nos costumes do país escolhido, uma vez que você vai morar com uma família nativa e vivenciar a sua rotina diária.

Além disso, há outras duas grandes vantagens nessa escolha. A primeira é o suporte e o acolhimento que você vai receber na sua adaptação à cidade, que são essenciais para uma experiência proveitosa de intercâmbio.

A segunda é a chance de aprimorar a sua pronúncia, adquirir uma melhor dicção e, em alguns casos, até assimilar o sotaque da região, já que você vai se comunicar somente em inglês com essas pessoas.

É importante mencionar que na homestay, geralmente, as despesas referentes à internet, eletricidade, gás e afins, já estão inclusas no valor pago mensalmente — e isso também vale para as refeições diárias.

Aliás, já que falamos nisso, que tal termos uma média de preço? Pois bem, o custo de 30 dias dessa modalidade na cidade de Melbourne é de, pelo menos, AU$1.000,00. Por outro lado, na cidade de Christchurch, o valor fica em torno de NZD$ 1.080,00.

Student house

Para quem prefere vivenciar com mais intensidade a vida acadêmica e todas as oportunidades que a universidade tem a oferecer para a própria vida pessoal e profissional, a sugestão mais indicada é uma student house — uma residência estudantil.

A razão disso é que esses espaços, que também são conhecidos como alojamentos e/ou dormitórios, são localizados dentro do campus das escolas. Portanto, você pode dispensar o uso de transporte público e ir a pé para as aulas e demais atividades. Vale ressaltar ainda que você dispõe de áreas de convivência com outros alunos e muitas vezes compartilha o quarto com colegas.

Essa opção também inclui outras despesas mensais (água, gás, luz, internet etc.) e permite refeições (como almoço e jantar) no refeitório da faculdade — o que, certamente, torna a sua rotina mais prática e funcional.

Em relação aos valores, há as seguintes médias de custo mensal: em Melbourne é de AU$ 2.500,00 e em Christchurch de NZD$ 1.306,00. Lembrando que, segundo os dados apresentados no início do post, esses valores são o mínimo, ok?

Share house 

share house, por sua vez, representa uma opção para quem busca ter uma maior privacidade e, acima de tudo, autonomia na experiência de morar em outro país. Isso porque, como o próprio nome diz, trata-se de uma residência (casa ou apartamento) que é compartilhada, geralmente, com outros estudantes.

Ou seja, você tem liberdade com os horários e saídas de casa, levar para o seu lar amigos e conhecidos e até mesmo promover festas e pequenas confraternizações sem dificuldades. Isso sem mencionar que nessa alternativa é comum ter um quarto — e, em alguns casos, um banheiro — só para você.

Mas não se engane: não é apenas o aluguel do imóvel que é dividido entre todos os moradores. Afinal, esse valor não inclui as demais despesas (internet, luz, água, gás, telefonia etc.) do espaço — o que vai exigir bastante disciplina e organização financeira de todos os estudantes.

Dito tudo isso, vamos às médias de custo dessa modalidade? Para uma residência compartilhada com duas pessoas em Melbourne, você pagará o valor mensal de, no mínimo, AU$ 860,00. Já em Christchurch, o custo médio é de NZD$ 525,00 para uma moradia dividida com quatro pessoas.

Backpacker / Hostel

A quarta e última opção é o backpacker, ou seja, ficar hospedado em um albergue. Essa, sem dúvidas, é uma escolha indicada para quem gosta de interagir com pessoas de diferentes cantos do mundo e não é muito chegado em rotinas.

Afinal, nesse tipo de espaço há um fluxo constante de entrada e saída de pessoas. Isso sem falar que em muitos hostels há uma programação de atividades frequentes com os hóspedes, como festas, passeios, encontros, entre outros.

Esse tipo de acomodação é voltado para quem está viajando e busca um local com preços mais acessíveis para se hospedar. Para tanto, você precisa abrir um pouco a mão em relação ao conforto, privacidade e, em alguns casos, até mesmo da segurança.

Os banheiros são compartilhados e os quartos costumam ser mistos, podendo conter até 16 camas ao mesmo tempo. Além disso, é preciso usar um armário para guardar suas coisas, como documentos, dinheiro e equipamentos eletrônicos, já que elas não podem ficar soltas em qualquer lugar. Por menor que seja o risco, algo pode sim, ser furtado.

Mas em albergues não há a opção de reservar um quarto individual? Saiba que a resposta é sim. No entanto, quanto menor for o número de pessoas por cômodo, maior será a diária cobrada.

E tem mais! Em períodos de alta estação os valores podem inflacionar devido à alta procura e ficar equivalentes ao de um hotel, pesando, assim, no seu bolso.

Fazendo uma pesquisa no buscador Booking.com para todo o período de junho de 2019 em Melbourne, encontramos como alternativa mais barata um quarto misto para 10 pessoas pelo preço de AU$ 585,00. Já em Christchurch, por sua vez, a opção mais em conta é um quarto misto para 6 pessoas pelo preço de NZD$ 756,00.

Como você viu, existem tipos de acomodação da Austrália e Nova Zelândia para cada perfil de intercambista. Por isso, analise com calma todas elas e opte por aquela que realmente vai lhe proporcionar uma boa estadia durante o tempo em que estiver estudando no exterior.

Caso ainda esteja com dúvidas sobre qual destino escolher, veja também quais são as características de ambos os países!

Mail