Quer saber como economizar em Sydney? Veja nossas dicas!

economizar em Sydney

Pretendendo visitar a Austrália e passar um tempo na mais famosa cidade do país: Sydney? Boa escolha! Afinal, esse destino, sem dúvidas, é o mais badalado, completo e inigualável de toda a terra dos cangurus, principalmente quando o assunto é cultura, diversão e qualidade de vida! Pensando nos aventureiros de plantão, a gente separou umas dicas super legais para quem quer curtir e, ao mesmo tempo, economizar em Sydney!

Por que Sydney?

Basta pesquisar um pouquinho só pela Austrália que é certo de se apaixonar pelo país, seu povo e sua cultura! Fica até difícil escolher um roteiro ou um único destino por lá, tendo em vista a enorme variedade de atrativos, mas, indiscutivelmente, Sydney se destaca e é parada obrigatória.

Explicaremos o porquê! Primeiro pela localização privilegiada, bem no sudoeste da Austrália, onde o clima é marcado pela estabilidade (nem tão quente no verão e nem tão frio do inverno). Fora isso, a cidade conta com praias lindíssimas (incluindo alguns picos irados para surf), um estilo de vida sem igual (vibe altíssima), muita diversão (bares, restaurantes, parques etc.) e muita, muita cultura para todos os gostos e bolsos.

Ah, por fim, Sydney conta com excelentes instituições de ensino para quem pretende fazer um intercâmbio, ou simplesmente estudar durante os meses de rolê (sim, o governo australiano permite que os turistas estudem por até 3 meses lá, sem precisar de vistos de longa duração).

Como fazer para economizar em Sydney?

Independentemente do objetivo de sua viagem (estudo ou lazer), economizar em Sydney é totalmente possível, já que a cidade conta com uma infinidade de atrações gratuitas ou a custos baixos.

Para quem está na ideia do intercâmbio, a boa é que o visto de estudante dá a permissão de trabalho remunerado, e nada melhor do que contar com um salário na moeda local, não é mesmo? Mas quem vai só como turista mesmo, pode ficar tranquilo também! Abaixo, a gente separou algumas dicas imperdíveis de como curtir Sydney gastando pouco. Confere ai!

Praias

Não faltam opções de boas praias em Sydney e, claro, todas gratuitas! A começar pela mais famosa orla da cidade: a Bondi Beach. Fica só a 10 km do centro e é frequentada pela galera mais jovem e descolada da região. Conta com bares, cafés e restaurantes legais e também rola uma trilha de 6Km super bacana até Coogee, uma outra parte do litoral de Sydney.

Outra parada obrigatória, nessa mesma travessia, é a Bronte Beach, pico perfeito para os amantes do surf. Mas para quem ainda não está pronto para encarar as ondas, existe uma piscina oceânica, de 30m, para uso dos locais e turistas, totalmente de graça. Irado demais!

Por fim, há também a Manly Beach, Tamarama e a Dee Why, que também são praias lindas e bem próximas ao centro da cidade. Se curtir bater perna ou pedalar, dá para curtir cada uma delas sem precisar coçar o bolso com transporte!

Queen Victoria Building

Muito mais que um simples centro comercial, o QVB é um edifício histórico lindo, um dos mais importantes da cidade. Foi inaugurado em 1898 e, desde então, o shopping passou por diversas reformas e adaptações, se tornando um dos pontos turísticos mais legais de Sydney.

Além da arquitetura, a grandiosidade e a variedade de lojas chamam a atenção de quem visita o local. O passeio, por si só, já é uma boa pedida e pode render lindas fotos, principalmente do maior relógio suspenso do mundo, que fica no centro da galeria. Mas é perfeito também para quem curte fazer compras (com preços bem atrativos, especialmente de lojas famosas) e também para comer.

Opera House

O cartão-postal da cidade não pode ficar de fora dos passeios econômicos de Sydney. Afinal, é uma das maiores “obras de arte” da arquitetura moderna e o cenário (em especial, no pôr do sol) é simplesmente extraordinário.

Harbour Bridge

A principal ponte, que liga o centro da cidade até a região norte, tem nada menos do que 1.150 metros de comprimento e conta com uma das melhores vistas de toda Sydney. Não é à toa que todo os dias o lugar está repleto de gente tirando fotos, admirando, se exercitando e, até mesmo, subindo até a parte mais alta (nesse caso, é preciso pagar uma taxa de cerca de 15 AUD).

The Rocks Market

Um dos passeios mais legais e perfeitos para quem quer economizar em Sydney é o The Rocks Market. Se trata de uma espécie de “feirinha” que rola aos sábados e domingos na região de The Rocks e reúne artesanato, arte, música, comidinhas e cultura para todos os gostos.

Acontece nas ruas Playfair St, Jack Mundey e George St. A partir das 10 horas, já começa o movimento e o mercado se estende até umas 17 horas. Passeio ideal para um dia completo.

Chinatown

Existe um pedacinho da China em Sydney e vale muito a pena conferir. Afinal, é um passeio muito divertido, que além de boas fotos e curiosidades, pode render uma bela economia.

Por lá, há um mercado (Paddy’s Market) com uma variedade de lojas e produtos de origem chinesa, além de restaurantes e lanchonetes com o melhor da culinária oriental e tudo com preços bem convidativos. Para chegar, basta descer na estação central do metrô e caminhar por 15 minutos.

Enfim, essas são apenas algumas dicas de como economizar em Sydney, mas sabemos que ainda há muito mais coisas a serem exploradas na cidade, sem precisar coçar muito o bolso. Sydney é completa e fascinante e é preciso uma vida inteira para conhecê-la a fundo! Mas, por enquanto, um intercâmbio ou uma trip de turismo já são suficientes para se apaixonar pelo mais famoso destino australiano de todos!

Curtiu o post? Saiba que há muitos outros atrativos na Oceania que também contemplam roteiros mais econômicos! Por isso, não deixe de conferir também as melhores festas da Nova Zelândia e, quem sabe, estender um pouco a viagem para o vizinho?

Mail