5 perguntas e respostas sobre renovação de visto

Renovação de visto

Quem já está fora do país sabe a importância de manter a documentação em ordem e válida. E um dos documentos que precisam de uma maior atenção é o visto, pois cada categoria tem características e prazo de validade próprio, portanto, é preciso ficar de olho quando chegar a hora da renovação de visto para não ter problemas com o departamento de imigração.

Quando o visto chega no seu prazo de validade, deve haver a solicitação de um novo. Mas o que é necessário para dar entrada nesse processo? Do que eu preciso? Quando devo fazer?

Essas e outras perguntas serão respondidas neste post, para que você esteja afiado e não tenha surpresas. Continue a leitura e confira!

1. Qual a validade de um visto?

Cada país tem sua própria legislação e prazos de validade para cada categoria de visto. Como existem centenas de tipos de visto, é preciso saber exatamente quais são os seus objetivos na viagem, para identificar qual modelo é mais adequado para você.

Os vistos de estudante (os mais comuns para viagens de intercâmbio) e de trabalho são emitidos de acordo com a duração da atividade que você declarou que exercerá durante a sua estadia. No caso da Austrália, por exemplo, os vistos para visitantes ou para períodos curtos de negócios e cursos de curta duração podem durar até um ano. Em alguns casos, há a possibilidade do visto de turista ter validade de até um ano e permissão de múltiplas entradas durante esse período.

E fique atento: a validade do seu visto de estudante está diretamente ligada ao tempo de duração do seu curso. Ou seja, se seu curso dura 6 meses, o visto terá a vigência total de 7 meses, pois, será adicionado mais 1 (um) mês de férias.

2. Quais documentos são necessários para o novo visto?

A documentação também pode variar de país para país e ter alterações de acordo com o pedido de cada pessoa. As listagens de documentos podem ser bastante extensas, então, examine-as com cuidado. Você pode até mesmo fazer um checklist para garantir que nada será deixado para trás.

Na Austrália, normalmente, pede-se para visto de estudante a mesma documentação utilizada na primeira solicitação. Como já informamos anteriormente, o visto não é um documento que se “renova”, e sim que se pede novamente.

A diferença é que, nesse caso, o seu histórico no país até o momento do pedido poderá ser analisado também, por exemplo, a frequência nas aulas, se trabalhou apenas as horas permitidas etc. Tudo o que você realizou durante o seu intercâmbio pode ser avaliado para a decisão da imigração de lhe fornecer um novo visto.

3. Como realizar a solicitação de um novo visto?

Para que um novo visto seja emitido é preciso que você esteja matriculado em algum curso e que apresente o seu visto anterior, mesmo que seja de turista, pois ,em alguns casos, é possível a troca de categoria quando você já está no país. Portanto, antes de entrar com o processo, escolha bem o curso e onde você vai estudar.

Na Austrália e na Nova Zelândia, há diversas opções de cursos, que vão desde o inglês até cursos técnicos, graduações e pós-graduações.. Verifique com uma agência especializada os cursos que podem agregar mais conhecimento, valorizar o seu currículo ou mesmo os que oferecem bons períodos para você curtir mais tempo de férias.

Assim que você tiver o aceite da escola e a documentação da instituição, já é possível entrar com o processo junto ao Departamento de Imigração. Certifique-se também de ter realizado os exames médicos obrigatórios e de ter contratado o seguro-saúde exigido.

Lembre-se de reunir absolutamente toda a documentação da lista previamente, assim, você não corre o risco de perder tempo e dinheiro.

4. Quanto custa a renovação de visto?

Os valores também são variáveis, de acordo com a situação do visto. Alguns países podem ter taxas diferenciadas de acordo com o pedido. É comum que a primeira renovação tenha um valor menor do que as próximas.

Para a Austrália, por exemplo, a imigração cobra em torno de AUD$ 575 para a primeira renovação. É claro que se os seus exames médicos obrigatórios tiverem sido feitos há mais de ano, será necessário pagar para realizá-los novamente.

A renovação pela segunda vez é mais cara (em torno de AUD$ 750), então, caso você queira estender a duração do seu curso ou fazer outro após, terá que desembolsar um pouco mais.

5. Quais cuidados é preciso ter?

Primeiro e mais importante: seja sempre objetivo e transparente ao passar as informações para a imigração. Então, é preciso que você esteja bem informado sobre a sua situação atual no país, quais são os seus objetivos futuros e as razões de você querer um novo visto.

Se você tinha um visto de turista e decidiu ficar para estudar, verifique todos os requisitos dos cursos antes da escolha, alguns podem pedir testes de proficiência em inglês ou níveis de estudo específicos.

A carta de intenção, documento que você deve redigir explicando por que é necessário que você permaneça no país, deve ser honesta e sem nenhuma abertura para diversas interpretações. Você deve escrever “com o coração”, mas sempre pensando que a forma da redação também é essencial. Por isso, o auxílio de uma agência especializada pode ser decisivo para o sucesso do seu pedido, não hesite em procurá-la.

Também tenha o cuidado de sempre fazer a renovação de visto antes de o seu expirar, ou então, é possível que você tenha que voltar ao seu país de origem para aplicar novamente, e isso pode ser bastante custoso. Fique sempre atento a prazos, datas e condições envolvidas no seu visto e às regras estabelecidas para a sua viagem.

Você tinha todas essas perguntas na cabeça? E ainda tem outras? Entre em contato conosco, que ficaremos muito satisfeitos em responder a todas elas para que a sua viagem seja uma experiência para toda a vida!

Mail