As universidades da Austrália são algumas das melhores do mundo

As universidades da Austrália são algumas das melhores do mundo

Muitas universidades da Austrália estão presentes nos rankings das melhores universidades do mundo, e, por conta disso, cada vez mais estudantes estrangeiros têm procurado essas instituições para cursar a graduação completa, parte dela ou uma pós-graduação.

Além de ter como idioma oficial o inglês, o que facilita os intercâmbios, a Austrália também se destaca por ser um dos poucos países em que é permitido trabalhar legalmente com o visto de estudante. É possível trabalhar por 20 horas semanais durante o período de aulas e em tempo integral nas férias.

Assim, é possível adquirir experiência de trabalho e de vida, aperfeiçoar ainda mais o idioma e obter uma renda para custear parte das despesas no país. Além disso, depois de terminar o curso, você ainda pode conseguir um visto de dois anos para trabalhar em empresas australianas. Quer saber mais sobre o assunto, então continue a leitura!

Principais universidades da Austrália

Ficou animado com a ideia de estudar em uma das melhores universidades da Austrália? Então comece a pesquisar para decidir aonde ir. O ideal é buscar informações com antecedência e conversar com pessoas que tenham estudado na instituição que você escolher.

Entre as muitas universidades da Austrália com boa reputação, destacam-se as instituições que fazem parte do Group of Eight e do ATN. Essas eram as universidades parceiras do programa Ciência sem Fronteiras, do governo brasileiro, que recentemente foi suspenso para o nível de graduação.

Group of Eight

Trata-se de uma aliança entre as oito principais universidades da Austrália, todas elas fazendo parte do ranking que determina as melhores de todo o mundo.

Os universitários matriculados nessas faculdades são os melhores alunos australianos e internacionais, e as instituições do Group of Eight estão sempre preocupadas com o desenvolvimento de pesquisas voltadas às áreas de tecnologia e infraestrutura.

Veja quais as universidades que fazem parte desse grupo:

  • University of Western Australia;
  • Monash University;
  • The University of Sydney;
  • The University of Melbourne;
  • The Australian National University;
  • The University of Adelaide;
  • The University of New South Wales;
  • The University of Queensland.

A Universidade de Sydney, por exemplo, é a maior e mais antiga instituição de ensino da Austrália. Ela conta com 50 mil estudantes em cursos de artes, ciências sociais e humanidades, ciências naturais, engenharia e TI.

Outro destaque é a Universidade de Melbourne, considerada diversas vezes como a melhor faculdade do país. Localizada no estado de Victoria, no sul da Austrália, a instituição tem cerca de 40 mil estudantes e é conhecida principalmente pelos seus cursos de arte, humanidades e biomedicina.

Universidades da ATN

A ATN é uma aliança conhecida como Australian Technology Network of Universities (Rede de Universidades de Tecnologia da Austrália), que reúne cinco das melhores universidades do país.

O foco dos cursos oferecidos são as áreas de tecnologia, empreendedorismo e inovação. A reputação dessas universidades da Austrália entre os empregadores e empresários é bastante alta, com muitas ofertas de emprego direcionadas aos formandos.

Fazem parte dessa aliança:

  • RMIT University;
  • University of South Australia;
  • University of Technology Sydney;
  • Curtin University;
  • Queensland University of Technology.

Principais cidades da Austrália

Outro fator a ser levado em consideração ao decidir estudar em uma das universidades da Austrália é a localização. Afinal, se você vai passar anos morando em uma cidade, o ideal é sentir-se bem lá, não é? Por isso, vale a pena pesquisar também as características das principais cidades do país e avaliar quais têm mais a ver com o seu perfil.

Sidney

A cidade mais conhecida da Austrália é muito cosmopolita, sendo ótima para quem gosta do burburinho e da variedade de opções de lazer que só as maiores cidades oferecem.

Além de atrações como a Opera House, a Harbour Bridge e o Taronga Zoo, Sydney conta com praias interessantes e uma grande variedade de restaurantes, festas e parques. O custo de vida lá é um dos mais altos do país, mas também há muitas oportunidades de emprego.

Melbourne

Com estilo europeu, Melbourne é repleta de bonitas construções históricas e é conhecida por ser praticamente um museu a céu aberto, com muita arte espalhada pelas ruas. Alguns chegam a referir-se a ela como “capital cultural da Austrália”. Os museus tradicionais da cidade também não fazem feio, desde o interativo Scienceworks à Galeria Nacional de Victoria.

A vida noturna de Melbourne também é animadíssima, com diversos eventos acontecendo durante o ano e uma grande variedade de bares. A cidade é ótima para quem se interessa por arte e esportes e tem um custo de vida inferior a Sydney.

Brisbane

Brisbane é a terceira maior cidade do país, atrás apenas de Sydney e Melbourne. Localizada no estado de Queensland, ela tem um estilo elegante e apesar de grande ainda mantém uma atitude mais descontraída e relaxada.

Além de oferecer também uma boa variedade de eventos culturais e muitos parques, Brisbane tem um clima agradável e muita tranquilidade. Não faltam opções de atividades por lá, mas o número de turistas é menor do que nas cidades mencionadas acima.

Gold Coast

As praias são o destaque de Gold Coast, que também fica em Queensland e é a sexta maior cidade do país. Ela é um ótimo destino para surfistas, sendo inclusive a sede de importantes campeonatos do esporte.

Mesmo se seu foco não for a atmosfera praiana, vale a pena morar lá, já que a cidade também tem estrutura moderna e transporte de qualidade. No verão, a Gold Coast fica ainda mais agitada, recebendo uma grande quantidade de turistas. Isso faz dela um bom lugar para conseguir trabalhos temporários durante as férias universitárias, por exemplo.

Perth

Conhecida por ter clima quente e céu azul durante quase todo o ano, Perth fica na Western Australia, o maior estado do país. Ela tem custo de vida relativamente baixo para os padrões australianos, um estilo de vida calmo e ótimas praias.

Bolsas de estudos para universidades da Austrália

Ficou animado para estudar numa das universidades da Austrália, mas não tem grana suficiente para bancar o curso e a estadia por lá? Fique ligado nas oportunidades de bolsas de estudos oferecidas no país para estudantes estrangeiros, principalmente para cursos de pós-graduação. Veja alguns exemplos:

Endeavour Scholarships

As bolsas do programa Endeavour Scholarships and Fellowships são oferecidas pelo governo australiano para alunos de diversos países, incluindo o Brasil.

Elas incluem, atualmente, uma ajuda de 3 mil dólares australianos para passagens aéreas, 2 mil dólares para ajudar os alunos a se estabelecerem no início dos estudos, 3 mil dólares por mês e seguro saúde para a duração do programa.

Entre outros pré-requisitos, os candidatos devem ter concluído a graduação e apresentar um certificado de proficiência em inglês (TOEFL ou IELTS) e carta de aceitação de uma instituição australiana.

International Postgraduate Research Scholarships (IPRS)

Através do programa IPRS (International Postgraduate Research Scholarships) o governo australiano oferece 20 milhões de dólares em fundos para 300 bolsistas de qualquer país, com exceção da Nova Zelândia.

As bolsas são válidas para um período de dois anos para mestrado e três anos para doutorado e cobrem todos os custos do curso, além de oferecer plano de saúde para o bolsista e seus dependentes.

O processo de inscrição varia de acordo com cada instituição participante, sendo preciso contatar as universidades diretamente para saber como se candidatar.

Bolsas da Universidade de Sydney

Além dos programas mais gerais, que podem ser usados para custear a totalidade ou uma parte dos estudos em diversas universidades da Austrália, algumas instituições oferecem suas próprias bolsas de estudos. É o caso, por exemplo, da Universidade de Sydney, que oferece diversos tipos de bolsas voltadas para estudantes internacionais.

Os critérios para admissão variam de uma para outra, por isso, o mais indicado, caso você deseje estudar nessa universidade, é consultar quais são as oportunidades disponíveis atualmente e verificar se você é elegível. Não há limite de número de bolsas para as quais um aluno pode se candidatar, então a dica é tentar todas que puder.

Universidade de Melbourne

Universidade Melbourne é outro exemplo de instituição que oferece bolsas por meio de programas como o Graduate Research Scholarships, voltado para alunos de mestrado e doutorado.

Aproximadamente 600 bolsas são ofertadas a cada ano, abrangendo todas as áreas de estudo, e os benefícios incluem isenção das taxas da universidade, uma ajuda de custo mensal, subsídio para hospedagem e até licença maternidade e paternidade.

Agora que você conhece as principais universidades da Austrália, as melhores cidades para se morar por lá e como funcionam os programas de auxílio a estudantes estrangeiros, já pode planejar o seu sonho de estudar no exterior.

Quer ficar por dentro de todas as oportunidades de estudos na Austrália? Assine já a nossa newsletter!

Mail