taboola

Quem pode trabalhar no Canadá?

Os intercambistas que podem trabalhar no Canadá são aqueles que estão matriculados em cursos de colleges e universities com duração superior a 6 meses (180 dias).

Quantas horas o estudante pode trabalhar no Canadá?

Isso depende. A permissão de trabalho no Canadá concede a possibilidade de o estudante trabalhar cerca de 20 horas semanais durante o período de aulas.

Ao longo das férias ou pausas nos estudos, a permissão é dobrada e passa a valer, portanto, 40 horas semanais. Os estudantes que estiverem estagiando também podem trabalhar o dobro do tempo, em alguns casos.

Qual é a diferença entre as instituições de ensino?

Há muitas dúvidas, também, sobre a questão dos tipos de instituição de ensino canadenses. Algumas são parecidas com as brasileiras, enquanto outras trazem algumas diferenças. Vamos descobrir quais são as características de cada uma delas?

Colleges

As instituições conhecidas como colleges trazem cursos de nível superior (como Tecnólogos) ou técnicos, com menor duração (entre 6 meses e 2 anos). O foco, aqui, é o ingresso rápido no mercado de trabalho, com cursos de base e profissionalizantes.

Há cursos de tempo parcial ou integral. O segundo é mais recomendado aos estudantes que planejam construir uma carreira no Canadá, pois traz benefícios que podem ajudá-lo na obtenção de um visto de permanência no futuro.

Universidades

As universities, por sua vez, trazem cursos mais longos e especializados, como os bacharelados ou pós-graduações do Brasil. Essas instituições também trazem cursos do tipo mestrado ou doutorado, sendo ótimas opções para quem já tem uma carreira e busca se especializar no Canadá.

Os estudantes que escolherem esse tipo de curso estão automaticamente aptos a trabalhar no país. Por isso, é uma chance e tanta para uma futura imigração!

High schools

Por fim, temos as high schools, que correspondem às escolas de nível médio aqui no Brasil (ou seja, o primeiro, segundo e terceiro ano).

Esses cursos têm duração de 6 meses ou um ano e são destinados, principalmente, a estudantes que tenham entre 15 e 18 anos. É uma boa oportunidade para treinar o inglês e viver uma experiência única ainda na adolescência.

Há instituições públicas no Canadá?

Sim, mas a denominação de “público” no Canadá é um pouco diferente da vista no Brasil.

Enquanto em território brasileiro o termo se refere ao ensino gratuito, no Canadá as coisas não funcionam bem assim. Na verdade, as colleges públicas canadenses são instituições que recebem incentivos governamentais, mas ainda assim é cobrada uma taxa dos estudantes matriculados.

Por isso, é importante verificar o valor da anuidade no curso que você deseja fazer!

Pontos Turísticos
Conheça alguns dos principais pontos turísticos do Canadá

Pontos turísticos em Montreal

Passear por Montreal também é muito divertido e engrandecedor! Alguns bons pontos turísticos da região são:

  • Marché Jean-Talon, um mercado com uma infinidade de produtos naturais e orgânicos, especial para que você possa conhecer novos sabores;
  • Chinatown, uma região com forte influência da cultura asiática, mas sempre com o jeitinho canadense de ser;
  • Bonsecours Market, outra região com lojinhas e estabelecimentos gastronômicos para passar o tempo e se encontrar com os amigos.

E muito mais! Além desses, a cidade conta com praças, parques, catedrais, museus, galerias e várias opções de lazer e cultura para todos os gostos.

Pontos turísticos em Vancouver

  • Chinatown, região com forte influência asiática e com opções de locais para comer e se divertir;
  • Grouse Mountain, opção para quem curte estar em contato com a natureza e quer fazer uma trilha em meio à neve;
  • Canada Place, centro de convenções que abriga eventos e muita diversão;
  • Science World, uma espécie de museu interativo que traz curiosidades e ensinamentos científicos.

Além disso, há opções de parques (como o Stanley Park), museus e galerias (como o Vancouver Art Gallery), praias de tirar o fôlego e muito mais.

Pontos turísticos em Ottawa

Na cidade, há muitos pontos turísticos que você deve conhecer. Além de serem uma ótima oportunidade para tirar boas fotos, eles trarão uma maior noção da cultura canadense e serão passeios bem divertidos.

Dentre as opções, podemos citar:

  • Colina do Parlamento, destino imperdível para quem quer conhecer a história do Canadá;
  • Rideau Canal, região que une natureza à vida urbana e traz uma série de opções de lugares para comer e relaxar;
  • National Gallery, museu que expõe obras artísticas de movimentos e estilos diferentes;
  • Museu da Civilização, que fala detalhes importantes sobre a história canadense, como a questão indígena.

E muito mais!

Pontos turísticos em Quebec City

Os pontos turísticos da cidade de Quebec City são de deixar qualquer um sem fôlego. Bons exemplos são a região de Old Quebec, uma espécie de centro histórico da cidade (e que conta com catedrais, museus e muito mais) e várias obras arquitetônicas monumentais, como La Citadelle e a Basilique Cathedrale-NotreDame.

Pontos turísticos em Toronto

Toronto é uma cidade moderna, mas que não perdeu o seu contato com a natureza. Por isso, as atrações de lazer são adequadas a todas as preferências. Alguns exemplos são a CN Tower, que dá uma vista panorâmica de toda a região, e as ilhas do lago Ontario. Além disso, se você pegar um pouquinho de estrada, pode ver as Cataratas do Niágara em todo o seu esplendor.

Pontos turísticos inesquecíveis

Além dos passeios mencionados acima, a cidade conta com pontos turísticos importantes como:

  • Distillery District, que abriga uma destilaria de whisky e traz opções de locais para comer e relaxar com os amigos;
  • Ripley’s Aquarium of Canada, um aquário para aqueles que gostam da natureza, com espécimes únicos de mamíferos, peixes, répteis e outras classes de animais;
  • Scotiabank Arena, estádio em que acontecem vários eventos esportivos;
  • Royal Ontario Museum, um museu que abriga não apenas obras de arte, mas também peças naturais que contam a história do Canadá e da humanidade.

E muito mais!