Não encontrou seu voo? Peça a ajuda para um consultor. Entre em contato
Caio Pereira
Caio Pereira
Caio Pereira
Caio Pereira
SÃO PAULO | SP >> MELBOURNE | VIC

G’day mate.
Decidi fazer intercâmbio por algumas razões básicas.
Aprender English do básico porque nunca fiz no Brasil, sentir realmente como é sair da zona de conforto e encontrar meu caminho no mundo.

Minha experiência aqui depois de um ano e meio já se tornou uma vida normal, escola, trabalho, compromissos e viagens.Quando cheguei comecei na escola Fusion English que na minha opinião foi a melhor escola que já estudei aqui, professores, staff são realmente diferenciais.

Não tenho muitos amigos brasileiros e não frequento festas brasileiras também por meus motivos.
Estudo fitness, trabalho de labour, garden, cleaner e tudo que existe rs, namoro com uma australiana e vivo dia após dia, viagem a cada viagem.

Viver overseas é simplesmente mergulhar em um sonho e por mais tempo que vc fique sempre parece não ser o bastante.Nem sempre é fácil na verdade nunca é fácil seus sentimentos e sentidos sempre estão nas alturas.
Estou vivendo em Melbourne a mais de um ano e meio e ainda me espanto com a gentileza, pessoas, trabalhos e respeito que encontro por aqui.

O meu atendimento pela AC, foi extremamente perfeito. Eles fizeram meu sonho acontecer e sou eternamente grato por tudo.
Se procuro principalmente o André da AC de São Paulo que me ajudou em todos os aspectos e dúvidas.

Outros Diários de Viagem

Francisco Gustavo Costa BARUERI | SP >> INVERCARGILL | NZ "Decidi fazer intercâmbio por uma planejamento de vida. Era um objetivo ir embora antes de fazer 40 anos! O curso que eu estou fazendo é Business Enterprise, é uma pós graduação, por enquanto tive apenas uma disciplina (Empreendedorismo) e está fácil. O pessoal de Applied Management tem aulas..." +
Guilherme Sansigolo Andrello Americana | SP >> Auckland | NZ "Nenhum sonho é grande demais, a gente só precisa ter o apoio de grandes parceiros! A AC Australian Centre tem me ajudado a conquistar meu sonho desde a primeira entrevista em Junho de 2012, até hoje, com seu auxílio à distância. O resto da luta cabe a nós, mas com certeza, foi com a ajuda..." +