taboola

Tamyris Latuf Gregolini


Tamyris Latuf Gregolini
Tamyris Latuf Gregolini
Tamyris Latuf Gregolini
Tamyris Latuf Gregolini
Florianópolis | SC >> Perth | WA

Eu realizei o meu intercâmbio de julho de 2014 a fevereiro de 2016, através do programa Ciências Sem Fronteiras, o qual a Australian Center era a responsável pela facilitação e organização do intercâmbio. Decidi fazer o meu intercâmbio faltava 20% da minha graduação aqui no Brasil e os principais motivos foram: dominar o idioma inglês, pois acredito que seja um diferencial essencial nos dias de hoje; ter contato com outras culturas; ter a experiência de viver em outro país; e, por fim, mas não menos importante, ter a oportunidade de aprender sobre o ecossistema marinho da Austrália. A Austrália sempre foi o meu sonho, depois de pesquisar muito sobre as cidades e universidades, acabei optando por Perth por ser uma região mais preservada e porquê na Curtin University tinha o curso de Marine Science, o qual escolhi como complementação da minha faculdade de Biologia. Pra vocês se localizarem, Perth é a única cidade grande da costa Oeste Australiana, tem um pôr do sol inesquecível e é uma cidade muito acolhedora. Apesar de ser cidade grande, as regiões costeiras são preservadas e posso garantir que tem os melhores lugares pra fazer aquela road trip no final de semana! Além de ser uma das melhores universidades do mundo, a Curtin é um espaço que tem uma cultura global forte, que nos possibilita conhecer pessoas, de variados países e diversas culturas. Para facilitar tudo isso, eles investem em um programa para alunos internacionais, onde temos todo apoio necessário, principalmente no nosso período de adaptação. Com muita área verde, atividades culturais e de entretenimento semanalmente, um pub maravilhoso onde acontecem várias festas temáticas e professores que nos acolhem, a Curtin se torna facilmente a nossa segunda casa na terrinha dos cangurus! Falando em casa, ao chegar em Perth optei por ficar em uma homestay porquê acredito que seja mais acolhedor (e realmente foi <3 ), principalmente quando não dominamos o idioma nativo do país. Depois de dois meses na homestay, segui meu coração e fui morar com pessoas maravilhosas que conheci neste início... E por falar nelas, eu poderia escrever infinitas palavras que jamais seriam capazes de descrever a intensidade de cada um desses serzinhos! Durante o meu intercâmbio ganhei irmãs e irmãos de alma, pessoas que fazem parte da minha vida até hoje. Não tenho dúvida de que os momentos que vivemos jamais serão esquecidos. Acredito que quando estamos fora da nossa zona de conforto, acabamos nos permitindo mais e isso nos faz construir laços fortes incríveis e viver momentos inimagináveis. O intercâmbio mudou a minha vida, não só pelas oportunidades proporcionadas, mas mudou a minha visão de mundo e de perspectiva de vida... Mudou a minha forma de pensar em diversos aspectos, me permitiu conhecer e construir laços com pessoas de culturas totalmente diferentes da minha e me fez perceber quanta coisa temos pra aprender mundo afora. Afinal, parafraseando Albert Einstein, "a mente que se abre a uma nova ideia, jamais volta ao seu tamanho original".

Desde o primeiro momento a AC prestou todo o suporte necessário, descrevendo a documentação e facilitando o processo burocrático do visto. A equipe é super atenciosa e sempre respondeu os e-mails esclarecendo as dúvidas. Também foram essenciais na escolha da minha homestay e durante toda a burocracia para conseguir me matricular corretamente na Curtin (eu falava zero inglês gente, nível "the book is on the table" real!), vocês facilitaram MUITO mesmo!

Outros Diários de Viagem

depoimento
Livia Abdal Michelazzo Campinas | SP >> Melbourne | VIC "Fazer uma viagem de intercâmbio sempre esteve nos meus planos. Mas sabe como é, né? Uma hora falta grana, outra hora você está no meio da faculdade e acha que não é o melhor momento pra isso. Daí quando você vê já está trabalhando e parece que a tal hora nunca chega. Bom, pra mim chegou aos 31..." +
depoimento
Vinicius Canieri Campinas | SP >> Sydney | NSW "Austrália, não poderia ter escolhido um país melhor para viver, realmente é multicultural, paradisíaco e diferente de tudo que eu já tinha conhecido. Claro, serão difíceis os primeiros meses, pois a gente tem que se adaptar a uma cultura diferente e principalmente a falta da família e dos amigos..." +