Dirigindo na Nova Zelândia: o que eu preciso saber?

Dirigindo na Nova Zelândia

Muitos sonham em fazer um intercâmbio para estudar, trabalhar ou, até mesmo, para ficar alguns dias passeando em outros países. Se você se enquadra em algum desses perfis, é preciso saber que, além do planejamento, você deve ficar atento a alguns detalhes importantes. Por isso, o post de hoje vai mostrar dicas importantes para você que tem habilitação de motorista e pretende sair dirigindo na Nova Zelândia.

Esse é um tema que pode passar despercebido por muitas pessoas, mas que é grande relevância. Desde já, você deve ficar sabendo que a maneira de dirigir na Nova Zelândia é bem diferente da de outros lugares. Assim, para evitar problemas durante sua estadia nesse país, procure reunir a maior quantidade possível de informação a respeito do tema.

Para te ajudar nessa tarefa, leia o post e descubra como vai ser dirigir nesse incrível lugar!

Carteira e permissão de habilitação internacionais

Para você que já possui uma carteira de habilitação, saiba que é possível utilizá-la na Nova Zelândia por um período de 12 meses. Para isso, é preciso conseguir uma Permissão Internacional para Dirigir (PID), que é uma espécie de convalidação da sua carteira nacional em solo estrangeiro.

Assim como acontece no Brasil, só é permitida a direção de automóvel daqueles que têm habilitação. Além disso, você apenas pode conduzir o veículo para o qual conseguiu a autorização.

No caso do Brasil, é possível conseguir essa permissão de habilitação no próprio Detran do seu estado. Lembrando que para obter esse documento é preciso que a sua CNH esteja válida e que não exista nenhuma pendência.

Dirigindo na Nova Zelândia com a CNH brasileira

Como dito anteriormente, é possível dirigir na Nova Zelândia pelo período de 1 ano com a CNH brasileira que esteja dentro do prazo de validade. Depois desse prazo, caso queira continuar conduzindo automóvel, é preciso tirar a carteira de habilitação neozelandesa.

Um detalhe de grande relevância para você que vai usar a CNH brasileira é que ela deve estar devidamente traduzida, sendo que tal tradução deve ser reconhecida por autoridades competentes para tanto.

Como tirar a CNH neozelandesa

Caso ainda não tenha a sua CNH, você pode tirá-la diretamente na Nova Zelândia. Para isso, é preciso passar por alguns procedimentos. Primeiramente, deve ser realizado um teste escrito e, posteriormente, uma prova prática.

Durante o teste prático, o futuro condutor recebe uma carteira provisória, denomina learner (aprendiz). Enquanto estiver com essa habilitação é preciso constar a letra L no vidro de trás do automóvel para que todos saibam que é um iniciante.

Nesse período, você não poderá dirigir sozinho, mas apenas acompanhado por alguém que tenha uma habilitação permanente. Entretanto, quando for aprovado no teste prático você já estará apto para passear pela Nova Zelândia com sua própria habilitação.

Outro detalhe ao qual você deve ficar atento é que com 16 anos já é possível tirar a carteira de habilitação e sair dirigindo na Nova Zelândia.

Mão inglesa, conversões à direita e rotatórias

Como dito acima, dirigir na Nova Zelândia é diferente do jeito que aprendeu no Brasil. Assim, uma das primeiras coisas que precisa saber é que eles usam a mão inglesa. Isso significa que o volante fica localizado no lado direito do automóvel, logo, os comandos são inversos aos que você conhece.

O lado correto da pista vai ser o esquerdo, por isso, caso seja acostumado a dirigir no Brasil, tenha bastante atenção a esse detalhe para que não ocorram acidentes, ok?

Outros pontos aos quais você deve ficar atento são a conversão à direita e as rotatórias, pois podem causar alguma confusão na sua mente. Nesse tipo de conversão, você vai ter que cruzar toda a pista para depois poder virar.

A confusão que pode haver nas rotatórias é por conta do sentido que ela segue, pois, diferentemente do Brasil, na Nova Zelândia é preciso seguir na direção anti-horário. Isso sugere que antes de virar você deve olhar para direita, e não para a esquerda, como os brasileiros estão acostumados. Dessa forma, tenha atenção redobrada!

Cuidados na estrada

As estradas da Nova Zelândia têm uma série de peculiaridades que você deve ficar atento para que tudo ocorra da melhor forma possível e para que acidentes sejam evitados.

Muitos caminhos são estreitos, com curvas acentuadas e com terrenos bem inclinados. Além disso, o vento pode atrapalhar um pouco o seu desenvolvimento, mas, com a devida atenção, você vai se sair super bem.

Uma dica importante é deslocar-se com bastante tempo de antecedência, pois não é recomendável dirigir com pressa na Nova Zelândia. Durante o inverno, as estradas são ainda mais perigosas: a neve pode deixar as vias bem escorregadias.

Por isso, mantenha distância do carro que está à sua frente e dirija com a velocidade reduzida para evitar acidentes. Além do mais, é importante sempre conferir as condições climáticas antes de sair de casa, tudo bem?

Atenção nas ultrapassagens

A maior parte das pistas na Nova Zelândia é de mão única, por isso, as ultrapassagens devem ser feitas com mais atenção. Na realidade, a cultura de trânsito neozelandesa é a de evitar ultrapassagens, já que isso diminui os riscos de colisão.

Apesar de não haver mão dupla, em algumas partes da estrada existem pequenos acostamentos que servem para os carros mais lentos darem espaço para os mais velozes. Assim, sempre que possível, ceda espaço para que o carro que está logo atrás te ultrapasse. E, caso tenha algum veículo mais lento à sua frente, não force para realizar a ultrapassagem.

O que você achou dessa ideia de ficar dirigindo na Nova Zelândia? Provavelmente será uma boa oportunidade para você conhecer o país e se encantar ainda mais pelas paisagens maravilhosas desse lugar, mas se achou muito confusa a condução de trânsito no país, você poderá contratar os serviços de empresas específicas, como a KiwiExperience, que fazem todo o traslado de um lugar para o outro.

Assim você não terá problemas em desbravar cada canto da Nova Zelândia e aproveitar essa nova experiência!

E aí? Você gostou do post de hoje? Esperamos que sim! E para que você tenha acesso a outros conteúdos como este, siga-nos no Facebook, Instagram e se inscreva no nosso canal do Youtube!

Mail