Dublin ou Melbourne: qual é a melhor opção para seu intercâmbio?

Qual é o melhor local para um intercâmbio: Dublin ou Melbourne? Escolher o local ideal para um intercâmbio não é uma tarefa fácil. Essa decisão é muito importante, já que vai determinar o ambiente em que você viverá por muitos meses e que será, durante esse período, o seu novo lar.

Por conta disso, é importante que a escolha seja feita de forma consciente e considerando muitos pontos. Embora Dublin e Melbourne sejam ótimas cidades, cada uma delas tem características muito variadas e que precisam ser levadas em consideração.

Pensando nisso, preparamos um artigo que tem como objetivo a elaboração de um paralelo entre as cidades. Assim, poderá escolher a opção que mais combina com você e fazer uma decisão acertada para o tão desejado intercâmbio! Vamos lá? Boa leitura!

Quais são as principais características de Melbourne?

Primeiramente, conversaremos sobre a cidade de Melbourne, uma das mais famosas e importantes de toda a Austrália. Confira, a seguir, suas características mais marcantes.

Estilo de vida

Para começar, vamos abordar o estilo de vida em Melbourne. Por ser uma cidade costeira localizada na Austrália, é possível afirmar que o dia a dia aqui é bastante agitado. A vida noturna também é muito importante para os nativos, que adoram se divertir. Por conta disso, não vão faltar opções de lazer para todos os tipos de pessoas!

Clima da região

O clima em Melbourne é classificado como temperado oceânico. Isso quer dizer que as chuvas são bem distribuídas o ano inteiro, mas, de modo geral, as temperaturas são bastante amenas. A temperatura média beira os 25ºC no verão e os 15ºC no inverno. Por conta disso, essa é uma cidade incrível para brasileiros, já que o clima é bastante semelhante ao nosso.

Segurança

Melbourne é tida como uma das melhores cidades do mundo para se viver e, por isso, a segurança pública é um assunto levado a sério na região. Há pouca incidência de problemas com essa questão e a cidade é considerada muito segura para pessoas de todas as nacionalidades. Esse município é, portanto, extremamente vantajoso em qualidade de vida para nativos e estrangeiros.

Custo de vida            

Uma das principais preocupações dos intercambistas é em relação ao custo de vida do local desejado. Em Melbourne, infelizmente, algumas coisas (como as moradias) são um pouco mais caras do que em outras regiões da Austrália. No entanto, isso é completamente compensado pelo fato de que os serviços prestados pela cidade são de altíssima qualidade.

Oportunidades de trabalho

A Austrália é um país onde as oportunidades de trabalho não param de crescer. A busca por mão de obra qualificada é sempre presente nesse local e, mesmo para estudantes, as vagas são muito variadas. Isso torna a cidade muito atrativa para os brasileiros, que estão cada vez mais qualificados. Além disso, não há uma saturação do número de vagas disponíveis, como ocorre em muitas outras cidades ao redor do globo.

Atrações turísticas

O principal ponto forte de Melbourne está em suas praias e belezas naturais. No entanto, há muito para se fazer além de visitar a costa da cidade. Esse é um ambiente bastante cultural e com atrações para absolutamente todos os gostos, incluindo uma agitada vida noturna e muitas opções divertidas para pessoas de todas as idades. A cultura também não pode ser deixada de lado, já que esse fator é muito valorizado na Austrália inteira.

Opções de curso

Por ser uma cidade altamente globalizada, Melbourne oferece cursos de vários tipos para turistas e nativos. Para mais informações, é sempre recomendado buscar a opinião da agência responsável pela sua viagem, que poderá fornecer informações fidedignas sobre as melhores escolas. As escolas aqui presentes são de altíssima qualidade e as universidades sempre têm ótimas colocações entre as melhores instituições do planeta.

Quais são as principais características de Dublin?

Chegou a hora de viajarmos muitos quilômetros para o norte e discutirmos as características da capital da Ilha Esmeralda. Tudo pronto? Então, vamos lá! A seguir, descubra alguns dos pontos mais importantes sobre essa cidade em uma lista prática e objetiva:

  • em Dublin, há diversão para todos os tipos de pessoas, ainda que os pubs sejam uma das atrações mais famosas do local;
  • há praias belíssimas na Irlanda, mas normalmente o clima frio do ambiente não permite que elas sejam aproveitadas em sua integridade, como ocorre na Austrália;
  • Dublin não deixa a desejar em questão de segurança, mas a região próxima aos pubs demanda um cuidado maior;
  • o custo de vida na região pode ser bastante alto, especialmente próximo ao grande centro da cidade;
  • nem sempre, infelizmente, é fácil encontrar trabalho na cidade. Isso ocorre devido ao alto número de estrangeiros vivendo em Dublin, o que sobrecarregou as vagas disponíveis;
  • a cultura é uma das principais atrações turísticas da região, que conta com inúmeros edifícios históricos.

Afinal, qual escolher? Dublin ou Melbourne?

Chegamos ao fim de nossa conversa! Agora, é com você: qual cidade acha que tem mais a ver com seus gostos, preferências e, claro, com a sua personalidade? Todos esses pontos devem ser levados em consideração na hora de decidir pelo local ideal para o intercâmbio.

De modo geral, os brasileiros costumam optar por Melbourne por uma questão de semelhanças com o Brasil. Por estar localizada no hemisfério sul, essa cidade apresenta um clima bastante parecido com o de algumas cidades brasileiras e, portanto, o impacto da viagem se torna um pouco menor.

Além disso, os habitantes desse local são extremamente receptivos e muito calorosos, o que faz com que o clima geral também seja bastante parecido com o do Brasil. Optar por Melbourne é, também, uma ótima pedida por conta da proximidade com lugares exóticos e inesquecíveis, que vão fazer da viagem uma experiência ainda mais interessante.

Em caso de dúvidas, a recomendação é sempre buscar a opinião de agências de intercâmbio. Essas empresas contam com profissionais que podem ajudá-lo a tomar uma decisão baseada em suas preferências pessoais, decidindo por aquilo que realmente será benéfico para você.

Agora que você já conferiu as principais características das cidades tema de nosso artigo, escolher entre Dublin ou Melbourne se tornou uma tarefa muito mais simples, certo? No entanto, não deixe de sempre contar com ajuda especializada na escolha da cidade correta e na organização de seu intercâmbio. Os profissionais das agências são qualificados para ajudá-lo em todos os passos!

Além de Melbourne e Dublin, outras cidades de língua inglesa são uma ótima opção para um intercâmbio. Confira a nossa lista de 7 cidades para estudar inglês no exterior e descubra outras incríveis alternativas!

Mail