Conheça 4 ótimos filmes que foram gravados na Nova Zelândia

filmes gravados na Nova Zelândia

A arte cinematográfica é, sem sombra de dúvidas, uma das mais completas e interessantes. Com ela, somos transportados para histórias completamente diferentes da nossa e podemos conhecer lugares incríveis. Esse é o caso dos filmes gravados na Nova Zelândia, que nos permitem vislumbrar esse belíssimo lugar, ainda que por meio da tela.

A Nova Zelândia é um pequeno país localizado na Oceania, composto por duas ilhas principais, além de outras com dimensões menores. Apesar de seu tamanho não tão impressionante — especialmente quando comparado à sua vizinha, Austrália —, ela conta com um território rico em paisagens e belezas naturais, que já foram cenário de histórias muito famosas nos cinemas.

É um verdadeiro amante da sétima arte e gosta da Nova Zelândia? Então, este artigo é feito especialmente para você! Continue a leitura e confira alguns títulos que foram rodados em território neozelandês.

1. Trilogia O Senhor dos Anéis (2001, 2002 e 2003)

Iniciaremos a nossa lista com a trilogia do Senhor dos Anéis, uma das mais bem-sucedidas de todos os tempos, tanto nas bilheterias quanto no gosto dos espectadores. Baseados nos livros de J.R.R. Tolkien, que nos contam histórias épicas da Terra Média, os longas retratam um mundo imaginário repleto de criaturas fantásticas.

As locações da trilogia são uma verdadeira atração na Nova Zelândia. Por lá, há inclusive um roteiro especialmente dedicado à saga, por onde os visitantes podem conferir de perto os pontos que serviram de cenário para os filmes. Lugares como Matamata, o Kaotoke Regional Park e o Monte Ngauruhoe fazem parte da lista de destinos.

2. Trilogia As Crônicas de Nárnia (2005, 2008 e 2010)

Baseados nos famosos livros infantis do irlandês C. S. Lewis, As Crônicas de Nárnia conta a história dos irmãos Pevensie: Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia. Eles descobrem uma passagem secreta dentro de um guarda-roupa, que leva a Nárnia, um mundo mágico repleto de criaturas esquisitas e um grande leão chamado Aslan.

As suas gravações foram feitas em muitos lugares do país. Uma das mais importantes foi a Flock Hill Station, em Caterbury, para a importante cena da batalha entre Aslan e o exército da Feiticeira Branca. Já as ruínas do castelo Cair Paravel foram gravadas perto da península Hereherataura, com uma vista sensacional da Cathedral Cove.

3. O Piano (1993)

No filme de 1993, dirigido pela neozelandesa Jane Campion, o piano é muito mais do que apenas um objeto. É por meio dele que a protagonista, Ada (Holly Hunter, ganhadora do Oscar de Melhor Atriz), se comunica com o mundo ao seu redor. Ela é muda — por razões emocionais — e utiliza o instrumento como extensão de sua alma.

Ao ser enviada por seu pai para se casar na Nova Zelândia, Ada e sua filha Flora precisam se adaptar nesse novo ambiente e lidar com as dificuldades que as esperam, como o fato de Ada se apaixonar por um homem que não é o seu futuro marido. A famosa cena na praia foi gravada em Waitakere Ranges, em Auckland.

4. X-Men: Origens —Wolverine (2009)

Um dos mais famosos filmes gravados na Nova Zelândia, Wolverine conta a história do jovem James Howlett, ou, para os mais íntimos, Wolverine, desde 1845. Fala da sua infância com o seu irmão, a descoberta das suas mutações e em como ele conseguiu as suas poderosas garras de adamantium.

Várias cenas do filme foram gravadas no país, principalmente em Queenstown. Algumas foram rodadas em Deer Park Heights, Kingston Beach, Lake Wakatipu, Skippers Canyon, entre outras incríveis paisagens.

E aí, curtiu os filmes gravados na Nova Zelândia? Já assistiu algum deles? Se não assistiu, não perca tempo e confira esses títulos o quanto antes. Além de contarem histórias dignas de serem assistidas, você confere as belezas de um dos países mais bonitos do mundo em sua tela. Prepare a pipoca e divirta-se!

Esperamos que você tenha gostado deste artigo. Para não perder nenhuma de nossas novidades, assine a newsletter disponível em nosso site! Basta inserir o seu e-mail e receber todas as publicações diretamente por lá. Até a próxima!

Mail