Tudo o que você precisa saber para tirar o visto 485 da Austrália!

Sabia que, por meio do visto 485 da Austrália, você consegue estudar, trabalhar e viver no país temporariamente? Se a resposta for não, então não deixe de ler este artigo!

O visto 485 (ou Temporary Graduate Visa – 485) é para estudantes internacionais que se formaram recentemente em uma instituição australiana ou que frequentaram um curso CRICOS. Sendo assim, esse visto oferece como vantagem a possibilidade do aluno permanecer no país para trabalhar de forma legal e continuar seus estudos por um período de 2 a 4 anos.

De maneira geral, candidatar-se a esse visto não é complicado, mas para evitar qualquer tipo de problema, você deve estar ciente dos detalhes e dos requisitos específicos. Isso porque você só pode solicitá-lo uma vez na vida e tem pouco tempo para se decidir.

Por isso, é importante que seja levado a sério, pois se trata de uma decisão que vai determinar sua permanência no país, além de facilitar sua candidatura em outros vistos no futuro. Em razão disso, preparamos este artigo a fim de apresentar para você as principais informações sobre o visto 485. Confira!

Visto 485 e as suas classificações

Como mencionamos, o visto 485 é para estudantes internacionais que se formaram em uma instituição australiana ou que tenham concluído um curso registrado no CRICOS. Sendo assim, existem duas classificações para esse visto.

Graduate Work (ou trabalho de pós-graduação)

O Graduate Work é indicado para alunos que se formaram recentemente em um curso superior ou vocacional de no minimo 2 anos. Além disso, é necessário que a especialização esteja relacionada a uma ocupação em que há uma escassez de habilidades na Austrália.

Sendo assim, o visto permite que os estudantes internacionais residem temporariamente no país enquanto trabalham e estudam. Nesse caso, são determinados os seguintes benefícios:

  • você pode trabalhar e permanecer na Austrália por até 18 meses;
  • você tem permissão para levar sua família (cônjuge e filhos) para a Austrália com você.

Lembrando que o tempo de processamento do visto é de, aproximadamente, 4 meses.

Post-Study Work (ou trabalho pós-estudo)

Já o Post-Study Work é específico para os estudantes que se formaram recentemente em uma instituição australiana. Dessa forma, o visto permite que o aluno trabalhe e more na Austrália por um período de 2 a 4 anos, com base na sua qualificação. Além disso, é preciso que ele tenha um diploma recente de um curso superior ou vocacional de no minimo 2 anos registrado no CRICOS.

Por meio desse visto, o estudante também consegue garantir que a família o acompanhe para a Austrália. Lembrando que o tempo de processamento é de, aproximadamente, 4 meses.

Vantagens de obter o visto de graduação temporário

As vantagens de obter o visto de graduação temporário são bastantes claras. Além de contribuir com o seu crescimento pessoal e profissional, por meio das oportunidades que surgirão após a conclusão dos estudos, você consegue passar mais tempo no país.

Assim, você consegue se aprimorar ainda mais nos estudos (caso queira continuar estudando), trabalhar, trazer a família e viajar livremente pela Austrália. Lembrando que dispor desse visto já é o primeiro passo para você solicitar um visto de permanência no país.

Requisitos para conseguir o visto 485

Além de ter uma formação recente em um curso registrado no CRICOS, para obter o visto 485, é preciso ter menos de 50 anos, possuir um visto elegível e atender ao requisito de proficiência em inglês.

Além disso, o requerente principal tem até 6 meses após o término do seu visto de estudante para solicitar um visto 485. Por isso, é de suma importância saber quando o visto de estudante vai expirar.

Vale ressaltar que, no momento de solicitar o visto 485, é preciso que o requerente principal esteja na Austrália. Os participantes subsequentes podem estar dentro ou fora do país quando se candidatarem.

Documentos necessários para obter o visto 485

Os documentos necessários para obter o visto 485 são basicamente os mesmos para as duas classificações, com ressalva para o Graduate Work. Neste, é preciso incluir um registro com as avaliações de competências. No mais, os documentos exigidos são:

  • resultados de testes de inglês;
  • certificado de credenciamento da polícia australiana;
  • seguro saúde;
  • certificado de qualificação e comprovante de estudo;
  • atestado médico.

Com exceção do certificado de qualificação e comprovante de estudo e do atestado médico, os demais documentos, incluindo a avaliação de competência, precisam ser fornecidos no momento da aplicação. Do contrário, você pode ter seu visto recusado.

Caso o tempo seja curto, e você precise se candidatar de forma rápida, é possível, por meio da apresentação de um documento que comprove a sua inscrição, obter o certificado de credenciamento da polícia australiana e a avaliação de habilidades.

Cuidados na apresentação dos documentos

Os documentos relacionados à qualificação não precisam ser fornecidos no momento da inscrição, mas é necessário enfatizar que você deve se inscrever para o visto 485 somente após a data oficial de conclusão (data final no ‘COE’), conforme determinado pelo instituto educacional.

Se você solicitar seu visto 485 e depois fornecer uma carta de preenchimento do instituto de educação no qual consta que a data de conclusão do curso ocorreu após a apresentação da inscrição, seu requerimento pode ser recusado.

Vale ressaltar que, no momento da solicitação do visto, é preciso que você tenha um seguro de saúde que possa ser usado no período de permanência na Austrália. Caso esteja coberto pela Cobertura de Saúde do Estudante Estrangeiro (OSHC) no momento da inscrição e possuir um visto de estudo, ainda poderá usar essa cobertura para a sua candidatura.

No entanto, se você não estiver mais com um visto de estudante, o OSHC não é aceitável. Nesse caso, no momento da solicitação, será necessário apresentar documentos que comprovem ter um seguro de saúde adequado e que será mantido durante a sua estadia na Austrália.

Importância de contar com o auxílio de uma agência de intercâmbio

Sem dúvidas, passar um tempo em outro país é uma oportunidade única para se desenvolver profissional e pessoalmente. No entanto, para que esse momento seja o mais agradável possível, é essencial contar com uma agência de intercâmbio para auxiliar você em todas as etapas necessárias.

Além de reduzir as chances de ocorrerem falhas, quando se tem a ajuda de profissionais capacitados, as vantagens são diversas. Uma agência oferece:

  • mais economia;
  • otimização do tempo;
  • orientação certa;
  • mais segurança;
  • atendimento personalizado.

Portanto, os benefícios de recorrer a uma agência de intercâmbio serão percebidos desde a economia até a experiência obtida durante a viagem, que será muito melhor aproveitada quando se tem profissionais cuidando de toda a parte burocrática. Apesar de parecer algo simples, ao solicitar o visto 485 para a Austrália, algumas complicações podem surgir, que reforçam ainda mais a importância de contar com a ajuda certa nesse momento.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre o visto 485? Então, entre em contato conosco agora mesmo!

Mail