Não encontrou seu voo? Peça a ajuda para um consultor. Entre em contato

Livia Abdal Michelazzo


Livia Abdal Michelazzo
Livia Abdal Michelazzo
Livia Abdal Michelazzo
Campinas | SP >> Melbourne | VIC

Fazer uma viagem de intercâmbio sempre esteve nos meus planos. Mas sabe como é, né? Uma hora falta grana, outra hora você está no meio da faculdade e acha que não é o melhor momento pra isso. Daí quando você vê já está trabalhando e parece que a tal hora nunca chega.

Bom, pra mim chegou aos 31 anos, num momento que decidi dar um tempo na vida profissional e abrir espaço pra essa experiência que é do tipo que muda vidas!

Quando estava prestes a embarcar para Melbourne, mil coisas passavam pela cabeça... Será que vai dar certo? E se não der? Será que vou fazer amigos? Vou conseguir destravar o inglês? Bom, um mês depois de chegar aqui, a única coisa que eu penso é em quanto quero renovar meu visto! Esse lugar é lindo em todos os sentidos, o povo é muito educado e prestativo, é uma cidade que respira esporte e cultura e nunca fiz tantos amigos em tanto pouco tempo!

A escola que escolhi (Discover English) é ótima! Tem uma equipe super simpática e prestativa, além de excelentes professores. Todos muito focados em fazer com que os alunos estejam sempre motivados e consigam desenvolver seu potencial! Por exemplo, me matriculei no curso de General English, mas quando fiz o teste de nivelamento, o orientador sugeriu que eu fizesse o Business English, mais voltado para o ambiente de trabalho. Um mês depois, com o inglês bem mais adaptado, achei que poderia dar um passo à frente e fui encorajada a mudar para o preparatório do Cambridge. Assim, o curso não cai na rotina e o aluno está sempre motivado e sendo desafiado. Na minha opinião, não tem como não melhorar o inglês!
Não tem como falar de tudo isso sem passar um tempão elogiando a Australian Centre!

Sem rasgação de seda, foi a melhor agência que poderia ter encontrado! Depois de decidir o meu destino (que, aliás, no início era Nova Zelândia), pesquisei diversas agências e fui conversar com cada uma. Já neste momento senti o diferencial. Além de ser muito bem atendida pela Flávia, da agência de Campinas, senti que ela estava realmente disposta a adaptar todas as minhas ideias pra realidade e não apenas me empurrar um pacote pré-determinado de intercâmbio. Tudo isso por um dos preços mais competitivos do mercado. Bom, não foi nem um pouco difícil decidir pela Australian Centre!
Desde o momento zero, em que só sabia que queria vir pra Oceania, até o momento de decidir o curso, juntar todos os documentos do visto, passar pelo nervosismo e ansiedade do mês anterior à viagem, eles estiveram presentes! Após a Sessão De dicas, até meu pai estava querendo vir pra cá!

Faz TODA a diferença contar com uma agência especializada no país e, principalmente, com uma equipe que já viveu na Austrália!
Se você chegou até aqui e está lendo os depoimentos pra saber se decide ou não pela Australian Centre, vai com fé! Sua experiência na Austrália vai acontecer numa boa, sem dor de cabeça!

E se você ainda está em dúvida se vem ou não para a Austrália... Bom, só posso dizer que tenho CERTEZA que você terá a melhor experiência da sua vida! Esse país é incrível em todos os sentidos! Pare de procurar e comece AGORA a planejar sua viagem!!!!

Um beijo grande para a equipe da Australian Centre de Campinas! Flávia, João e Viviane, vocês são ótimos! Obrigada por todo o suporte! :)

Outros Diários de Viagem

Laura Carvalho & Rodrigo Nemer BELO HORIZONTE | MG >> SYDNEY | NSW "Vim para Sydney como partner no visto de estudante do meu marido. Queríamos uma experiência nova para nossas vidas, e a possibilidade de trabalhar e estudar em Sydney nos chamou muita atenção. Sydney é uma cidade com muita diversidade cultural, gente de diversas nacionalidades convivendo bem..." +
Ana Flávia Belém BELO HORIZONTE | MG >> BRISBANE | QLD "Viver na Austrália é sentimento, é momento, é o aqui e o agora de uma forma única. É você estar pronto para o novo e abrir sua cabeça para o diferente. Você aprende a lidar com as diferenças culturais, aprende a se virar, e descobre que se você não fizer comida, ela não vai aparecer na geladeira..." +