Como realizar a eliminação de matérias a serem cursadas no exterior?

eliminação de matérias

A eliminação de matérias ou o aproveitamento de crédito é o procedimento responsável pela validação dos conteúdos cursados pelo acadêmico em uma universidade da qual ele fez parte. Além disso, pode ser aplicado em situações em que o aluno pede transferência de uma instituição para outra, ou quando ele opta por fazer um período do seu curso em outra universidade, no próprio país ou no exterior.

Dessa forma, a eliminação de matérias, principalmente em casos de intercâmbios, é uma alternativa muito usada pelos estudantes quando eles estão se preparando para a viagem ou quando retornam ao país. Em ambos os casos, a validação das disciplinas cursadas no Brasil ou no exterior é muito importante para complementar a grade de estudo do acadêmico.

Ou seja, além de considerá-las como parte da sua formação, impede que algumas matérias sejam repetidas. Sabendo da importância que esse procedimento tem para quem deseja fazer um intercâmbio, preparamos este artigo com as principais informações sobre o tema. Confira!

O que levar em consideração?

Como vimos, a eliminação de matérias é uma alternativa dada aos acadêmicos que pretendem estudar parte do seu curso em outra universidade, seja no Brasil, seja no exterior. Contudo, o processo de solicitação para a validação dos créditos pode variar conforme as regras de cada instituição. Por isso, o aluno deve levar em consideração alguns fatores, como:

  • propósito: veja se o objetivo do seu intercâmbio é ter acesso a disciplinas diferentes do seu curso, as quais provavelmente você não teria a chance de estudar aqui no Brasil. Fique ciente de que a eliminação de matérias não será aplicada nesse caso;
  • universidade: todas as instituições de ensino, tanto nacionais quanto estrangeiras, têm a liberdade de elaborar sua própria grade de  matérias, carga horária, ementa e métodos de avaliação;
  • formalidades: não é novidade que existem diferentes tipos de universidades espalhadas pelo mundo. Nesse sentido, algumas serão mais exigentes do que outras e, consequentemente, a burocracia também terá suas diferenças.

Diante disso, é muito importante que, antes de qualquer decisão, o acadêmico pesquise quais são as disciplinas oferecidas pela universidade na qual ele pretende realizar o intercâmbio. Caso a grade de matérias seja de livre escolha, dê preferência aos conteúdos que mais se assemelham ao seu curso.

Nesse caso, vale considerar a ajuda dos seus professores para orientá-lo sobre qual matéria escolher, pois eles saberão conduzi-lo pelas melhores alternativas, baseadas no que será validado ou não pela universidade. Além disso, criar um plano de estudo por meio desses conteúdos fará bastante diferença no melhor aproveitamento das disciplinas.

Como é feito o processo de requisição?

Nos casos de aproveitamento das disciplinas cursadas no exterior, o processo de requisição só é válido quando o número de créditos que a Comissão de Graduação determinou corresponder à quantidade de matérias que o aluno obteve aprovação.

Os créditos obtidos serão incluídos no histórico escolar do aluno, no semestre correspondente ao período em que foi feito o intercâmbio. Além disso, as disciplinas poderão ser consideradas como livres, optativas, eletivas ou como equivalência em matérias obrigatórias do curso.

Quais são os documentos necessários?

Os documentos necessários para solicitar a eliminação ou o aproveitamento de matérias vão depender de cada instituição. Em geral, o acadêmico, durante o período do intercâmbio, precisa solicitar o histórico escolar (original e cópia) e as ementas impressas (assinadas e carimbadas) das matérias que foram cursadas.

No caso desse último documento, é necessário observar se constam as seguintes informações:

  • nome e código da disciplina;
  • professor responsável;
  • descrição detalhada da carga horária;
  • número de créditos;
  • objetivos e conteúdo da disciplina;
  • forma de avaliação.

Após a conclusão do intercâmbio, para graduação ou pós-graduação, o acadêmico deverá preencher alguns formulários, justificando a solicitação do aproveitamento das matérias. Feito isso, é só entregar diretamente na Secretaria Acadêmica esses formulários preenchidos e os documentos citados acima.

Como é feita a avaliação?

Para fazer o reconhecimento dos créditos, são levados em consideração alguns fatores, como o rendimento do estudante e o total da carga horária cursada. Em algumas universidades, mesmo que a disciplina não tenha equivalência curricular, é possível, por meio de uma análise, verificar se ela contribui para a formação do acadêmico. Assim, pode ser aproveitada como créditos livres.

Além dessa possibilidade, existem universidades que preferem analisar cada caso. Em situações em que é percebido um alinhamento entre as instituições envolvidas em termos de semelhança na carga horária e no conteúdo programático, o reconhecimento é garantido. No entanto, se o aluno optou por uma matéria que não faz parte da sua grade, será preciso realizar uma avaliação para confirmar se os créditos serão ou não aprovados.

Nesse sentido, é muito importante que o estudante, antes mesmo de fazer o intercâmbio, faça uma análise de quais disciplinas poderão ser validadas pela universidade, a fim de evitar frustrações e perda de tempo. Nesse caso, conversar com os coordenadores do curso pode ser bastante útil para ajudá-lo na seleção das matérias que serão estudadas no exterior.

Quais universidades aceitam esse procedimento?

Para saber se será possível fazer a eliminação de matérias ou o aproveitamento de crédito, é preciso entrar em contato com a universidade escolhida e se informar sobre quais são as exigências e os critérios adotados para esse tipo de procedimento.

Aqui no Brasil, a maioria das universidades federais, estaduais e privadas aceitam a realização do aproveitamento. No entanto, o método de aceitação será diferente de uma instituição para outra. O mesmo vale para instituições no exterior, especialmente na Austrália e na Nova Zelândia.

Com base nessas informações, podemos perceber que a eliminação de matérias é um recurso muito importante para quem pretende fazer um intercâmbio. Contudo, se você se sentir inseguro durante esse processo, vale a pena considerar a ajuda de uma empresa especializada no assunto.

A Austrália Center é uma agência de intercâmbio especializada na Oceania, que busca auxiliar o estudante durante todo o processo de preparação e durante a viagem. Além de representar as melhores instituições de ensino nos países em que atua, oferece opções de pacotes completos, a fim de proporcionar a melhor experiência para você.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades!

Mail